Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Pedro Andrade
Pedro Andrade
08 Nov, 2019 - 18:17

5 documentos que deve rasgar antes de deitar fora

Pedro Andrade

O roubo de identidade é um crime grave. Se quer evitar processos judiciais longos, saiba quais os documentos que deve rasgar antes de deitar fora.

5 documentos que deve rasgar antes de deitar fora

Costuma deitar fora, despreocupadamente, as suas cartas e recibos? Se não costuma preocupar-se com questões como roubo de identidade, está na altura de ter mais atenção. Deixamos-lhe aqui uma lista com os documentos que deve rasgar antes de deitar fora.

O roubo de identidade é um crime sério e que pode demorar anos até ser resolvido. Hoje em dia, habituamo-nos a ouvir falar dos esquemas fraudulentos na Internet através das redes sociais.

Ainda assim, o roubo de identidade pode acontecer através de um simples documento que contenha os seus dados pessoais ou informações sobre as suas contas bancárias.

Documentos que deve rasgar antes de deitar ao lixo

Pela sua segurança (e saúde mental), rasgue estes documentos antes de colocá-los no caixote do lixo (ecoponto azul).

1. Cartão de embarque

Por norma, os cartões de embarque ficam armazenados numa qualquer gaveta das nossas casas, prontos a surpreender-nos e a trazer as memórias das mais variadas viagens feitas ao longo dos últimos anos.

Ainda assim, se não faz parte deste imenso grupo de saudosistas, não se esqueça que os cartões de embarque fazem parte da lista de documentos que deve rasgar antes de deitar fora.

O código de barras disponibiliza toda a sua informação pessoal, bem como o registo de localização e até a frequência com que costuma viajar. O que torna isto ainda mais assustador é que já existem sites especializados em decifrar essa informação e estão completamente acessíveis através de uma simples pesquisa pela World Wide Web.

2. Receitas médicas

Apesar do número de receitas eletrónicas já representar 95% do receituário em Portugal, as prescrições médicas em papel ainda podem ser usadas e encontradas com frequência.

Antes de deitá-las fora, certifique-se que as rasga convenientemente: estes documentos incluem os seus dados pessoais e médicos, bem como códigos de dispensa dos respetivos medicamentos.

3. Recibos

Basta abrir a carteira para encontrar dezenas de faturas e recibos completamente perdidos (alguns já gastos do tempo) das suas idas ao supermercado, às lojas de roupa favoritas ou ao restaurante.

Não se deixe enganar: estes pequenos papéis contêm grande parte da sua informação pessoal e, nos casos das compras com cartão de crédito, podem até incluir a sua assinatura.

Alguns destes documentos, terá de guardar por algum tempo, nalguns casos até mesmo por alguns anos. Mas mesmo quando já não precisar deles, não facilite. Lembre-se de que este é mais um tipo de documentos que deve rasgar antes de deitar fora.

4. CV

Sim, é verdade, não deve desfazer-se dos seus currículos sem antes destruí-los de forma a ocultar todos os seus dados. Afinal de contas, os CVs contam todo o seu registo académico e profissional, além da sua informação pessoal.

5. Cartas RSF

Certamente que costuma receber em casa correspondência que inclui um envelope RSF (Resposta Sem Franquia) para que possa enviar de volta a sua resposta a uma qualquer oferta comercial ou inquérito.

Podem parecer inofensivos, mas a verdade é que contêm a sua informação pessoal, como nome e morada, previamente preenchida e que, nas mãos erradas, pode ser usada para cometer as mais variadas fraudes em seu nome.

Se não costuma dar seguimento a estas comunicações postais de envio gratuito, o melhor mesmo é rasgá-las antes de colocar no caixote do lixo.

Veja também