Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marvin Tortas
Marvin Tortas
10 Jul, 2020 - 18:16

Dacia Duster: impressionante, antes mesmo de sabermos o preço

Marvin Tortas

Conduzimos o renovado Dacia Duster, o SUV C mais barato em Portugal e surpreendemo-nos com o compromisso e a oferta deste carro tendo em conta o preço.

Dacia Duster

A passo e passo, a Dacia tem conquistado cada vez mais o seu espaço no mercado português, sobretudo nos últimos 5 anos, onde os Dacia que contabilizamos na rua são mais e mais, e muito graças a este Dacia Duster, que chegou agora à sua 3ª geração.

Este é também o SUV de segmento C mais barato que podemos comprar, com preços a começarem ligeiramente acima dos 15 000€. E se há apenas alguns anos era impensável entrarmos dentro de um Dacia e encontrarmos Faróis LED, AC Automático, Cruise Control e GPS, hoje em dia é uma realidade nas versões mais bem equipadas deste Duster.

Neste ensaio, analisamos este SUV ao pormenor, e explicamos o porquê de ser uma boa surpresa e uma proposta dentro deste segmento, até mesmo antes de somar o fator preço à equação.

O Dacia Duster é a prova de que nem sempre temos que gastar rios de dinheiro para fazer uma compra racional.

O “renovado” Dacia Duster: tão bom que nunca pensamos no seu preço

Análise Exterior

O Dacia Duster chegou a Portugal em 2010 e foi renovado pela segunda vez em 2018, onde para além de várias evoluções no capítulo estético, chegou agora com novas motorizações e o facto de pagar apenas classe 1 nas portagens nas versões 4×2.

Embora o novo Dacia Duster mantenha bem visíveis os traços da geração anterior, ganhou novas linhas que o tornaram num carro bem mais atual e apelativo, nomeadamente com a presença de faróis diurnos em LED na parte frontal, ângulos bem vincados no capot e cavas de rodas bastante pronunciadas.

Os gostos são sempre subjetivos, bem sabemos, mas indiscutivelmente, o novo Dacia Duster está um carro bem mais bonito e atraente do que a geração anterior.

Análise Interior

Interior Dacia Duster

Os automóveis da Dacia são fabricados na sua maioria com materiais oriundos e menos nobres da aliança Renault – Nissan – Mitsubishi e também do grupo Daimler.

Mas ainda assim, a Dacia tornou este SUV num carro muito convincente, até mesmo antes de adicionarmos o fator preço à equação.

É certo que no interior não encontramos as últimas tecnologias presentes nos carros mais recentes da Renault nem os gadgets mais recentes do mercado. O que encontramos no interior deste carro são materiais muito testados e bem fiáveis, todos dispostos de uma forma simples e intuitiva, que facilitam a leitura e operação de todos os dados enquanto estamos a conduzir.

Em relação à geração anterior do Dacia Duster, a marca romena reviu e revolucionou dois dos elementos com os quais temos mais contacto: o volante e os bancos.

O volante é agora multifunções, totalmente forrado em pele, exatamente igual àquele que podemos encontrar na anterior geração dos automóveis Renault, ou imagine só, do Alpine A110!

Os bancos ganharam suporte na zona inferior e na zona lateral das costas, sendo mais suaves oferecendo maior suporte, revelando-se mais confortáveis em viagens de maior duração.

Quanto ao espaço existente a bordo, esse também impressiona dentro do seu segmento. No que a espaço para a bagageira diz respeito, contamos com 445L de capacidade, o que em termos comparativos são 15L a mais do que encontramos no Nissan Qashqai, o SUV mais vendido do segmento.

No que toca a transportar passageiros, é certo que o Dacia Duster não oferece tanto espaço como por exemplo o Hyundai Tucson ou o Honda CR-V, mas ainda assim, e tendo em conta que as dimensões do Duster são mais compactas, não fica comprometido o conforto para os passageiros dos bancos traseiros.

No que a tecnologia diz respeito, há apenas alguns anos era impensável entrarmos dentro de um carro Dacia e encontrarmos AC automático, Cruise Control, GPS, conectividade com smartphones através de sistema bluetooth, sensores de estacionamento ou câmaras de 360º, ou até mesmo uma chave inteligente.

Mas a verdade é que tudo isto vem de série nas versões mais bem equipadas do novo Dacia Duster.

Condução

Dacia Duster

Também no que toca a componentes mecânicas, o novo Dacia Duster sofreu uma grande revolução, contanto agora com novas motorizações e suspensões melhoradas.

O Duster é claramente um carro desenhado para aventura, e a prova disso é a sua generosa altura em relação ao solo e o facto das rodas estarem posicionadas bem junto às extremidades do carro, o que nos permite em situações de “off-road” ter ângulos de partida e de chegada muito razoáveis, tendo em conta claro que este não é um carro todo-o-terreno.

Para esta nova geração do Dacia Duster, a marca romena melhorou a suspensão e aumentou também a rigidez estrutural da carroçaria, o que significa que neste momento temos um SUV bem mais composto em situações de autoestrada, mas também uma carroçaria que não adorna tanto em estradas mais sinuosas, mantendo-se mais estável em todas as situações.

As novas motorizações presentes no Dacia Duster impressionam também, e pela positiva. A versão ensaiada contava com o novo 1.3 de 130cv de potência e 240Nm de binário.

Este revelou-se um motor muito prestável, sempre pronto a qualquer solicitação. Para isto, muito contam os apenas 1200kg de peso, mas não há qualquer dúvida que os 130 cavalos, em várias situações, parecem bastante mais.

Este motor de dimensões contidas beneficia também os consumos, claro. Durante os 500km do nosso ensaio registamos valores 6,6L/100km.

No total, e para além deste 1.3 de 130cv existem mais 3 motorizações para equipar o novo Duster: o 1.3 de 150cv, 1.0 de 100cv (ambas a gasolina), e ainda o já velhinho 1.5 dCi (diesel) de 115cv.

As versões 1.3 a gasolina e 1.5 diesel podem ser associadas a um sistema de tração integral (4×4) ou apenas tração frontal.

Preços

Os preços do Dacia Duster começam nos 14 400€ para a versão Essential com o motor 1.0 TCe de 100cv, e nos 19 530€ para a versão Adventure, a versão ensaiada, equipada com o motor 1.3 TCe de 130cv.

As versões diesel têm preços a começarem em torno dos 19 500€.

Veredicto final

A melhor crítica que podemos fazer ao Dacia Duster é mesmo o facto de que a partir do momento em que nos sentamos dentro deste carro pela primeira vez e em todos os momentos que estivemos ao volante a conduzir, nunca pensamos que estávamos a bordo do SUV mais barato em Portugal.

É certo que a versão ensaiada não é a versão de entrada na gama, mas ainda assim, e com preços a começarem nos 19 500€, este carro tem tudo o que precisamos para ser usado no dia-a-dia em estrada, e até mesmo fora dela.

E por estes preços, no mercado de automóveis novos, apenas conseguiremos encontrar um carro de segmento B, com muito menos espaço, menos potência e que nunca será tão prático como o Dacia Duster.

Por isso, se procura um carro prático para toda a família, confortável q.b., sem grandes luxos, mas com tudo aquilo que precisa, e por uma proposta de preço muito adequada, o novo Dacia Duster sem dúvida que faz valer cada euro que vai gastar.

Veja também