Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
02 Jan, 2020 - 11:15

Expresso ou café solúvel: qual escolher?

Teresa Campos

Há diferenças entre o café expresso ou café solúvel. Mas será que sabe quais são? Descubra o que aproxima e distingue estas bebidas.

Café solúvel a ser servido

Na hora de escolher a bebida, muitos se perguntam: expresso ou café solúvel?Há, efetivamente, diferenças entre ambos os cafés, mas nem todos sabem exatamente quais. É que não só o seu modo de preparação é diferente, como também as suas propriedades nutricionais.

Para esclarecer as suas dúvidas e, talvez, derrubar alguns mitos associados a esta temática, vamos explicar-lhe exatamente quais as diferenças entre expresso ou café solúvel. A partir de agora saberá qual o café a tomar, de acordo com as suas necessidades.

Benefícios do café

O café é, no geral, uma bebida muito apreciada. Apesar de não dever ser ingerida em excesso, o seu consumo regular pode trazer muitas vantagens para a saúde, a saber:

Café expresso

Expresso ou café solúvel: qual escolher?

Caraterísticas principais

Talvez não imagine que, nutricionalmente, há algumas diferenças entre o expresso e o café solúvel. Mas antes de nos debruçarmos sobre essas variáveis, é importante saber distinguir estes dois tipos de café, de acordo com o seu modo de preparação, temperatura, aroma, sabor e níveis de cafeína.

O café expresso é produzido numa máquina própria com uma quantidade generosa de pó.  Já o café solúvel requer apenas uma pequena porção de água quente, açúcar e pó a gosto. No que respeita à temperatura, este fator não varia consideravelmente entre ambos os cafés, rondando em ambos os casos os 90ºC a 100ºC.

Quanto ao aroma e ao sabor, o expresso tem um paladar forte e caraterístico, enquanto o solúvel tem um cheiro e sabor mais variável, dependendo da quantidade de pó e água utilizados. No que toca aos níveis de cafeína, tanto o expresso, como o solúvel, têm porções equivalentes de cafeína.

Café solúvel pela manhã

Propriedades nutricionais

O café expresso e solúvel têm propriedades nutricionais distintas, de acordo com a nutricionista Catarina Sofia Correia. Enquanto o expresso é feito a partir de uma moagem muito fina e, depois, tirado à pressão através de uma máquina com água quente; o solúvel é feito a partir de extrato de grãos de café moídos, posteriormente dissolvidos em água quente. Esta última opção é mais prática, barata e rápida, mas há outras diferenças que podem ser apontadas.

O café solúvel contém um pouco menos cafeína do que o expresso. Uma colher de chá de café solúvel tem 30 a 90mg de cafeína, enquanto a mesma dose de café expresso possui 70 a 140mg. Logo, o café solúvel pode ser uma melhor escolha para quem queira ingerir menos cafeína.

Consumir com moderação

A acrilamida é uma substância química nociva, presente nos grãos de café torrados. Segundo os estudos, o café solúvel contém mais acrilamida do que o expresso. No entanto, pode ficar tranquilo, pois só uma exposição exagerada a esta substância a torna verdadeiramente perigosa para o organismo. Logo, um consumo regular de café não apresenta qualquer risco.

No geral, e de acordo com as indicações da nutricionista, o consumo de café, independentemento da sua forma, é benéfico, desde que não se excedam os 2 a 3 cafés normais por dia (dose diária recomendada a adultos sem problemas de saúde).

Para tirar ainda mais proveito das vantagens da cafeína, deve privilegiar o café nos seguintes horários – 9h30-11h30 e 13h30-17h -, isto é, após os picos de produção de cortisol.

Veja também