ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Marta Maia
Marta Maia
14 Jun, 2021 - 15:45

7 ideias a pôr em prática para umas férias económicas

Marta Maia

No campo ou na praia, há sempre forma de fazer umas férias económicas, com toda a diversão a que tem direito e sem comprometer o orçamento familiar.

Férias económicas

As férias estão aí à porta, mas o orçamento familiar não está para grandes festas? Não desespere já: temos várias ideias para umas férias económicas que vão garantir-lhe toda a diversão sem estourar a conta bancária.

O truque, no fundo, é ser criativo. Lembre-se que ainda há duas gerações eram raras as pessoas que viajavam para longe, e, ainda assim, eram muitas as que viviam felizes. Só precisa mesmo de manter o espírito aberto.

Não sabe como fazer umas férias económicas? Temos 7 ideias

1

Acampamento familiar

Acampar é uma das formas mais fáceis de fazer umas férias económicas, desde já porque pode prolongar as férias durante quanto tempo quiser sem ficar arrepiado com os gastos.

Para um divertido acampamento em família só precisa de uma tenda (ou mais, dependendo do número de pessoas), almofadas e muito espírito de aventura. Com o material certo, pode cozinhar o que come e manter-se como faz em casa.

Quanto aos locais, tem duas hipóteses: ou investe um bocadinho e encontra um bom parque de campismo (onde vai ter piscina e balneários, bar e espaços de diversão gratuita) ou, se o orçamento estiver mesmo apertado, pode até acampar no jardim lá de casa. Para as crianças é aventura na mesma!

Veja também 7 parques de campismo no Algarve para umas férias na natureza
2

A autocaravana hippie

Mulher de férias numa autocaravana

Inspire-se nos hippies dos anos 70 e arranje uma autocaravana (pode ser alugada, se não tiver nenhuma). Cabe a família toda, vão para onde querem e só pagam o combustível!

Tal como acontece com o acampamento, pode cozinhar tudo o que come, porque as autocaravanas têm cozinha. O que significa que pode comprar tudo no supermercado e evitar gastos em restaurantes, conseguindo as férias económicas de que precisa.

Fique a par, no artigo que se segue, das novas regras sobre pernoita e aparcamento, entre outras informações úteis.

pessoa a viajar de autocaravana
Veja também Viajar de autocaravana: tudo o que precisa saber
3

Cuidar de casas nas férias

Talvez nunca lhe tenha ocorrido, mas há quem pague para que lhe cuidem da casa enquanto vai de férias. E essa é uma excelente oportunidade para fazer umas férias económicas.

Há vários sites onde pode inscrever-se como cuidador de casas (dentro e fora de Portugal), mas também pode tentar a sorte junto de contactos seus, que já conhece e sabe que confiam em si. Só tem de garantir que trata de tudo (incluindo plantas e animais) durante os dias em que os proprietários da casa estiverem ausentes e pode ficar na casa sem pagar alojamento.

A vantagem de cuidar de casas durante as férias é que pode ir sempre para lugares novos sabendo que o alojamento vai ser bom (se serve para alguém viver o ano todo, certamente também serve para as suas férias).

4

Férias fora de tempo

Se o seu espírito aventureiro não anda nos melhores dias, mas continua a precisar de arranjar uma forma de fazer férias económicas, comece a pensar “fora da caixa” e pondere fazer férias na época baixa.

É certo que a época baixa não o é por acaso e que corre maior risco de não apanhar um excelente clima para a praia. Mas se prefere férias no campo, mesmo que seja com um tempo primaveril ou outonal, esta pode ser uma boa opção. Os preços são muito mais em conta.

5

Férias fora dos grandes centros turísticos

Casal a fazer um piquenique junto a praia fluvial

Se leu o ponto anterior e pensou “mas eu quero praia!”, não nos abandone já, porque esta dica é para si. Há, sim, forma de fazer férias económicas na praia. Só tem de se afastar do que está na moda e considerar destinos alternativos.

Falamos, por exemplo, do norte de Espanha ou do norte de França. A maior parte dos turistas ruma a sul no verão, mas não quer dizer que não haja sol e calor mais a norte. Pode aproveitar os preços reduzidos e ainda “foge” das multidões.

Se não é daquele tipo de pessoas que faz questão de sentir a areia nos pés, então considere umas férias no interior de Portugal.

É certo que não vai ter mar, mas garantimos-lhe que em agosto, o calor do Algarve não faz inveja nenhuma ao calor do interior alentejano, por exemplo. Além de ter alojamentos mais baratos, a região interior tem também preços geralmente mais reduzidos no comércio, o que ajuda muito na hora de fazer refeições fora de casa.

6

Regresso à juventude

A verdade é que se fala muito dos tempos de juventude, mas nem todos os jovens ficam bem numa tenda no meio do mato. Para alguns, um quarto com cama é essencial, embora dispensem todos os luxos de um hotel. E isso é uma oportunidade para si.

Falamos, por exemplo, das pousadas de juventude, que estão espalhadas um pouco por todo o país e oferecem estadias a preços muito, muito agradáveis.

E se pensa que só os jovens podem fazer férias económicas, desengane-se: é certo que o cartão jovem dá descontos, mas os adultos também podem ficar alojados nestes espaços e pagam muito menos do que em qualquer hotel.

A única desvantagem é que, por ser uma pousada de juventude, pode ter grupos grandes de jovens a circular e isso pode traduzir-se em algum barulho e confusão, mesmo à noite.

7

As oportunidade do alojamento local

Se, este ano, decidiu conhecer a Costa de Portugal ou o interior do país de uma ponta a outra, e não pretende ficar durante muitos dias nos mesmos sítios, porque não dar uma vista de olhos nas oportunidades do alojamento local?

Quer seja um apartamento, uma casa, um quarto privado ou até um partilhado, uma noite, alguns dias ou uma semana, o AirBnb, por exemplo, pode ser uma plataforma útil e com boas oportunidades de negócio. Mas há outras plataformas onde deve pesquisar. Confira:

alugar de férias
Veja também Alugar casa de férias: os melhores sites e os melhores preços
Veja também