Catarina Gonçalves
Catarina Gonçalves
12 Fev, 2024 - 10:35

Fórmula Warren Buffett: 4 estratégias de um investidor

Catarina Gonçalves

Conheça a fórmula Warren Buffett e descubra como um dos investidores de maior sucesso toma as suas decisões.

formula warren buffett

Warren Buffett é um dos mais famosos investidores de todos os tempos. A famosa fórmula Warren Buffett mostra como este investidor toma as suas decisões de investimento.

Quer investir como um investidor de sucesso? Então tem mesmo de ler este artigo até ao fim.

Warren Buffett e um dos maiores investidores do mundo dos mercados financeiros. Tem um património financeiro avaliado em mais de 100 mil milhões de dólares. Mas ele não faz as suas escolhas aleatoriamente. Segue um método para escolher em que empresas investir e em que alturas.

A fórmula de Warren Buffett assenta em quatro estratégias, que explicamos a seguir.

Estratégias para investir com a fórmula Warren Buffett

Estas estratégias são simples e têm-se revelado vencedoras e de grande importância para Warren Buffett atingir os seus objetivos e ser conhecido desde há décadas como “o Senhor de Wall Street”.

Foco nos ganhos a longo prazo

Warren Buffett não espera alcançar resultados rápidos com os seus investimentos e é por isso que investe a longo prazo. Ele sabe que para ganhar dinheiro é preciso esperar e aproveitar bem as oportunidades.

Não, não faz o que os outros fazem que é assim que as ações sobem começa a comprar ou a vender se começarem a baixar. Às vezes é preciso saber esperar e não se deixar assustar com as crises, porque elas passam. Os mercados financeiros, tal como a economia, são cíclicos.

Entenda o negócio em que está a investir

A fórmula Warren Buffett passa também por investir no que conhece. Ou seja, este investidor só compra ações de empresas se compreender o que elas fazem e como fazem.

Deve conseguir identificar quais são as suas vantagens competitivas e conseguir identificar o que pode vir a ameaçar essas vantagens competitivas. É que se não compreender o modelo de negócio e, consequentemente, não conseguir identificar o que as ataca, é mais difícil identificar mudanças que podem afetar a empresa e prejudicar o seu desempenho.

Compre quando o mercado estiver em baixa

Há uma tendência nos mercados que a fórmula Warren Buffett não segue: fazer o que os outros fazem. Por exemplo, quando o preço das ações começa a cair, a tendência é vender para não perder dinheiro, especialmente se o preço descer abaixo do valor pelo qual comprou as ações. Warren Buffett acredita exatamente no contrário e para ele os bons negócios acontecem quando compramos por um preço baixo.

Assim, se o preço está baixo, significa que tem possibilidade de valorizar a longo prazo. É que o facto de o preço estar baixo hoje não significa que fique baixo para sempre. É uma vantagem temporária que este investidor aconselha a aproveitar.

Fazer o contrário dos outros

Mais uma vez, a fórmula de Warren Buffett leva-nos para essa conclusão: fazer o que os outros não fazem, ou seja, não seguir o “rebanho”. Este investidor desenha uma estratégia de investimento contrária à que a maioria dos investidores segue. Segundo Buffett, essa é uma das melhores formas de aumentar os ganhos provenientes desse investimento a longo prazo.

Da mesma forma, vender quando o mercado está em queda livre também não compensa nem a curto nem a longo prazo. Isto porque o mercado é cíclico, vai recuperar e quando estiver a subir de novo, já não está lá para vender a suas ações. Sai demasiado cedo. Segundo a fórmula de Warren Buffett, deve comprar em baixa e vender em alta.

Os critérios financeiros presentes na fórmula Warren Buffett

A seguir mostramos-lhe alguns indicadores financeiros que estão presentes na fórmula Warren Buffett, ou seja, critérios que este investidor não dispensa de analisar para fazer as suas escolhas de onde, quando e quanto investir. Este investidor toma dois critérios principais em consideração para tomar as suas decisões de investimento: o retorno do capital investido e o rendimento dos lucros.

Vejamos o que cada um significa e como funciona. Não se preocupe que não é preciso ser mestre em finanças para os compreender.

Retorno do Capital Investido

Este indicador financeiro é conhecido pela sigla ROIC que vem do inglês – Return on Capital Invested. É através deste indicador que é possível avaliar a eficiência de uma empresa em gerar lucros em relação ao capital investido.

Medir este indicador é importante para ter uma ideia de que investimento garante mais retorno considerando o montante que investe. É que este cálculo pode ajudar a decidir qual é o investimento que vai utilizar melhor o seu dinheiro para gerar mais lucros.

Retorno dos lucros

Este indicador, retorno dos lucros ou rendimento dos resultados, é um indicador financeiro muito utilizado por investidores do mercado de capitais. Em inglês diz-se earning yield e procura avaliar uma ação em termos da sua cotação e do lucro gerado. Para a calcular divide-se o preço da ação pelo seu lucro potencial.

Calcular a earning yield faz parte da fórmula Warren Buffett para descobrir em que ações deve apostar, isto é, saber quais vale a pena comprar. Assim é possível saber também se a ação está cara ou está barata comparativamente com o lucro e resultados que ela vai ter quando a quiser vender.

A regra dos 72

Já sabemos que a fórmula Warren Buffett se aplica a longo prazo. Mas o que é longo prazo? Buffett considera 10 anos. Pode começar com este prazo em mente e, através da regra dos 72, saber quanto tem de ser a sua taxa de crescimento anual dos seus investimentos para o seu investimentos duplicar em 10 anos.

Se dividir 72 por 10, o seu investimento teria de crescer todos os anos 7,2%. É uma forma simples de saber quanto espera vir a ganhar em determinado período e, em função disso, ajustar o seu portfólio.

A fórmula Warren Buffett pode ser a sua

A abordagem de Warren Buffett identifica negócios “excelentes” com base nas perspetivas do setor e na capacidade das empresas aproveitarem oportunidades para aumentarem o valor das suas ações. Por isso, a análise do seu desempenho ao longo dos anos e da sustentabilidade desse desempenho é tão importante para este investidor saber se determinada empresa vale ou não a pena.

Buffett não gosta de surpresas. É um investidor disciplinado que não se deixa levar pelas emoções, toma decisões com base em critérios financeiros, objetivos, é metódico, dedicado e muito, muito paciente.

Veja também

Artigos Relacionados