Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
23 Abr, 2020 - 19:00

KIA XCeed: conheça o SUV compacto do ano

Afonso Aguiar

O sucessor do DS7 Crossback no prémio SUV compacto do ano é o novo crossover da Kia. Conheça os restantes finalistas deste tão cobiçado prémio.

Kia XCeed

O novo Kia XCeed sucede o DS7 Crossback, o vencedor em 2019, ao ser galardoado como o “SUV Compacto do Ano” 2020 em Portugal. Um prémio outorgado na 37ª edição do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, reconhecida como “a mais prestigiada votação automóvel em Portugal”.

Em concurso estiveram 28 modelos, todos eles testados ao longo de quatro meses por um júri de 19 jornalistas representantes de vários meios de comunicação social portugueses.

A versão distinguida como “SUV Compacto do Ano” foi o Kia XCeed 1.4 T-GDi Tech. As matérias em análise pelo grupo de júris foram itens como Design, Construção e Inovação, Funcionalidade, Comportamento e Segurança, Performances, Consumo e Eficiência e Preço.

Kia XCeed 1.4 T-GDI Tech: O SUV COMPACTO DO ANO

Kia XCeed

O Kia XCeed foi lançado no mercado português no final de 2019. Segundo a marca, distingue-se dos restantes veículos do género por ser um CUV (crossover utility vehicle). Ou seja, é um SUV compacto e prático de conduzir, mas que também tem uma arquitetura desportiva e uma condução envolvente, como se fosse um hachback.

Embora considerado um SUV e mantendo muitas dessas características, como grelhas frontais maiores, uma distância em relação solo (184mm) e um reforço das proteções laterais, tem uma carroçaria estilo coupé desenvolvida de raiz.

Além disso, segundo a marca, este modelo tem uma suspensão com uma afinação exclusiva e batentes hidráulicos na dianteira, que permitem melhor absorção das irregularidades e, assim, maior conforto em pisos mais degradados.

Já a bagageira tem capacidade para 426 litros, reforçando o carácter prático do XCeed enquanto crossover em detrimento do seu “irmão” no qual é baseado, o Kia Ceed.

Kia XCeed

O Kia XCeed traz consigo dois níveis diferentes: o Drive e o Tech. O primeiro está equipado de série com faróis full led, jantes de 18 polegadas, estofos em tecido e pele e um conjunto de equipamentos de ajuda à condução, tais como alerta de colisão frontal ou o assistente de manutenção na faixa de rodagem.

Já no nível Tech, o utilizador pode encontrar, além disso, o painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas e o novo monitor central com navegação e múltiplas ligações Bluetooth de 10,25 polegadas, para além da abertura inteligente do porta-bagagens.

Apesar do prémio ter sido outorgado à versão Tech 1.4 de 140 cv e caixa automática 7 DCT, com dupla embraiagem e sete velocidades, a marca também lançou uma outra versão a gasolina com 1.0 cm3 de cilindrada e 120 cv, disponível tanto nos níveis Drive como Tech.

a oferta diesel é composta por duas versões do 1.6 CRDi: uma de 115 cv (no nível Drive) e outra de 136 cv (Tech). Pode, em cada um dos casos, exceptuando na versão 1.0, optar entre a caixa automática 7DCT e a manual de seis velocidades (aquela motorização em específico só está associada a uma transmissão manual).

O Kia XCeed tem um valor inicial de 21.990€ na versão 1.0. A versão premiada custa a partir de 28.490€.

interior Kia XCeed

“O XCeed representa uma verdadeira proposta crossover, pensada e desenvolvida de raiz para esse fim, e não uma simples adição de elementos de estilo. Trata-se de um projeto levado muito a sério pela Kia desde o momento zero”, explicou João Seabra, diretor-geral da Kia Portugal, no comunicado em que a Kia anunciava o prémio.

O diretor-geral da marca sul-coreana em Portugal aproveitou a ocasião para anunciar que se confirmaram as expectativas iniciais de que o XCeed aumentaria o número de novos clientes: “Tal como a shooting brake Proceed nos trouxe novos clientes, incluindo uma franja que migrou diretamente de marcas premium, também os primeiros meses de comercialização do XCeed foram já suficientes para perceber que este modelo despertou um enorme interesse da marca junto de públicos que até agora não contemplavam a Kia nas suas primeiras opções”.

SUV compacto do ano de 2020: os finalistas vencidos

Apesar de não terem vencido, entre os restantes 27 candidatos, outros oito modelos foram designados finalistas. São eles:

Audi Q3 Sportback 35 TDI 150 S Tronic

audi q3 sportback

No Audi Q3 Sportback da marca alemã destacam-se as novas tecnologias, nomeadamente: a inauguração do sistema “Car-to-X” que permite saber, por exemplo, quando os semáforos vão ficar vermelhos, e a integração do sistema de controlo de voz da Amazon conhecido como Alexa.

O condutor também poderá optar pelo Audi virtual cockpit plus com três diferentes modos de visualização e um ecrã de 12,3 polegadas, que pode usar mapas do Google Earth e utilizar comandos de voz.

Espaçoso, com uma porta elétrica, opcional, a permitir um acesso com menor esforço ao compartimento de bagagem, este modelo vem com uma bagageira cujo espaço varia entre os 530 e os 1.400 litros A suspensão é adaptativa, com seis modos à escolha. Poderá optar entre o Auto, o Comfort, o Dynamic, o Off-Road, o Efficiency ou o Individual.

A versão a concurso tem um motor 2.0 TDI de 150 cv e 340 Nm de binário entre as 3.500 e as 4.000 rpm, que permitem ir dos 0 aos 100 km/h em 9,3 segundos e atingir uma velocidade máxima de 205 km/h. O consumo combinado é de 5,9-7,1 l/100 km.

Os preços deste carro começam nos 51.600€.

Citroën C5 Aircross Shine 1.5 BlueHdi 130 EAT8

citroen c5 aircross

Equipado com o traço distintivo da marca, com o “double chevron” em destaque a unir os faróis diurnos e os Airbumps, o Citroen C5 Aircross vem com três bancos individuais traseiros que podem ser regulados não só ao nível da inclinação das costas, mas também longitudinalmente até a um máximo de 150 mm.

É essa capacidade de regulação do espaço para as pernas que permite que a capacidade da mala ascenda a, pelo menos, 580 litros.

O motor da versão levada a concurso é um 1.5 BlueHDi de 130cv com uma caixa automática de oito velocidades (EAT8). O consumo estimado é de 6.8 litros. O custo deste modelo está afixado nos 32.646€.

Honda CR-V Hybrid 2.0 Lifestyle

Disponível com uma motorização híbrida, o novo SUV da Honda segue os objetivos da marca de garantir que todos os seus veículos sejam electrificados até 2022.

O sistema híbrido usa a tecnologia Multi Mode Drive (i-MMD), que combina dois motores elétricos, um motor a gasolina, uma bateria de iões de lítio e uma transmissão de relação fixa para permitir uma melhor capacidade de resposta e eficiência.

Tudo junto, tem uma potência de 185cv. A parte a gasolina tem 2.0 cm3 de cilindrada. Além disso, pode optar entre tração traseira e integral.

Este novo Honda CR-V vem com maior distância entre eixos (mais 30mm), permitindo uma maior conforto e espaço interior, assim como um ar mais robusto, agora com os pneus mais perto dos cantos dos veículos.

O valor base deste modelo é de 46.900€.

Lexus UX 250h F Sport

lexus ux

O Lexus UX tem um nome que é a junção das palavras Crossover (X-over) e Urban. É o primeiro automóvel da marca japonesa assente na plataforma Arquitetura Global – Compacta (GA-C) com um centro de gravidade mais baixo e uma afinação de suspensão especifica.

Ao volante deste SUV, poderá optar entre três modos: Eco, Normal ou Sport. Em Portugal, a aposta da marca é na versão UX 250h, que conta com uma motorização electrificada com a tecnologia “self-charging hybrid” (carregamento próprio e automático), com o motor principal a gasolina de 2.0 litros, 180 cv e quatro cilindros.

Como é habitual da marca, o interior é requintado, com iluminação LED e ecrã EMV (Electro Multi Vision). O ecrã de 7 polegadas é de série e até está disponível um maior, EMV de 10,25 polegadas, com o sistema Lexus Navigation.

A versão a concurso tem um valor de 42.500 € com tração dianteira. Pode, no entanto, optar por tração integral por mais 10.000 €.

Nissan Juke 1.0 DIG-T

Nissan Juke

Maior, mais largo e mais alto (com mais 75mm de comprimento, 29 mm de largura e 30 mm de altura), a nova versão do Nissan Juke tem um ar mais robusto e é mais espaçoso. O interior aumentou e a capacidade da bagageira ampliou para 442 litros. No entanto, graças ao material incluído, pode até ver o seu peso reduzido até 23kg.

Outros destaques são a jantes de liga leve de 19″, assim como um teto flutuante que a marca descreve como “cheio de personalidade”.

Em termos de motor, conta apenas com o motor 1.0 DIG-T de 117cv de três cilindros e injeção direta, podendo optar entre uma caixa manual de seis velocidades ou uma automática de sete. A marca japonesa indica que atinge os 100 km/h em 10,4 segundos.

O preço deste modelo começa nos 27.200€.

Toyota RAV4 2.5 Hybrid

Toyota RAV4

O Toyota RAV4 já vai na quinta geração. Com uma aposta clara na dinâmica, segurança e economia, graças à nova plataforma GA-K e a um centro de gravidade mais baixo e uma maior rigidez na carroçaria, a marca japonesa indica mesmo que essas inovações permitem um maior conforto, um interior mais espaçosos e uma maior bagageira (580 litros se não se rebaterem os bancos).

Além disso, em termos de tecnologia adicional o novo RAV4 também introduz algumas alterações, como tecnologias mais avançadas para prevenir acidentes e, até, condução autónoma.

A motorização é híbrida. O motor principal, a gasolina, tem 2.500 cm3 de cilindrada e uma potência de 218cv em tração dianteira e 222cv com tração às quatro rodas. Este último sistema de tração integral é novo, elétrico e foi melhorado para melhorar o desempenho e segurança em superfícies molhadas.

O valor base deste modelo é de 44.550€

Mazda CX-30 2.0 M Hybrid

Mazda CX-30

A Mazda apostou num novo segmento de mercado. Com4395 mm de comprimento, 1795 mm de largura, 1540 mm de altura e 2655 mm de distância entre eixos, o Mazda CX-30 enquadra-se entre o Mazda CX-3 e o Mazda CX-5, tendo uma capacidade da bagageira de 430 litros.

No interior, curiosamente é o som o grande destaque. Destacando-se o Mazda Harmonic Accustics de 8 altifalantes ou o sistema áudio premium Bose de 12 altifalantes.

O modelo a concurso tem um motor de Skyactiv-G 2.0 a gasolina, com 122 CV e um binário de 213 Nm 4.000 rpm. A marca japonesa indica um consumo estimado de 6,2-7,3l/100 km.

No entanto, o grande destaque vai para o facto de o sistema Mazda M Hybrid ter a funcionalidade de desativação de cilindros. Em situações em que o motor estiver mais poupado, como em velocidade constante, o mesmo desliga dois dos quatro cilindros do motor. Assim, poupa dois dos cilindros, obrigando os restantes a trabalhar com mais eficiência, diminuindo as emissões de CO2 e os consumos.

Os seus preços começam nos 27 645 €.

Volkswagen T-Cross 1.0 TSI

VW T-Cross

Este pequeno crossover citadino é o quinto SUV da Volkswagen, depois do T-Roc, Tiguan, Tiguan Allspace e Touareg. O T-Cross em apenas 4,11 metros de comprimento. É, portanto, 12 cm mais curto do que o T-Roc, mas tem somente menos 3 cm de distância entre eixos.

A bagageira é pequena, mas foi esmiuçada, podendo ir dos 385 aos 455 litros, graças a bancos traseiros deslizantes (14 centímetros). Mas, rebatendo-os, pode ir até a uns impressionantes 1281 litros.

Com uma posição elevada dos bancos, (na frente cerca de 60 cm acima do nível do solo e atrás 65cm) aumenta a visibilidade e o conforto, permitindo uma maior sensação de espaço interior.

O T-Cross tem três motores turbo, dois dos quais a gasolina de três cilindros, o 1.0 TSI com filtro de partículas e potências de 95 cv ou 115 cv. Este último foi o que esteve em concurso e ainda não tem preço definido em Portugal, mas a versão menos potente tem um valor de 19.259 €.

Os Restantes prémiados

Também outros automóveis foram distinguidos, em mais sete diferentes categorias, pela 37ª edição do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal:

  • Carro do Ano – Toyota Corolla
  • Citadino do Ano – Peugeot 208 GT Line 1.2 Puretech 130 EAT8
  • Desportivo do Ano – BMW 840d xDrive Cabrio
  • Familiar do Ano – Skoda Scala 1.0 TSi 116cv Style DSG
  • Grande SUV do Ano – SEAT Tarraco 2.0 TDi 150cv Xcellence
  • Elétrico do Ano – Hyundai Ioniq EV
  • Híbrido do Ano – Toyota Corolla Hatchback 1.8 Hybrid Exclusive
Veja também