ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
David Afonso
David Afonso
23 Mar, 2021 - 14:33

Mitos sobre abastecer combustível: os 7 mais comuns (e vereditos)

David Afonso

Meter gasóleo ou gasolina nos carros continua a levantar várias questões. Conheça alguns mitos sobre abastecer combustível.

mulher a abastecer com luvas

Mitos sobre abastecer combustível é o que não faltam entre os condutores portugueses (e até mesmo fora do universo de Portugal).

Uns são verdade, e até nos ajudam a poupar e cuidar dos nossos carros. Já outros, são completamente descabidos face à evolução dos carros, e claro, dos próprios combustíveis.

Assim, é “urgente” falar sobre alguns destes mitos, esclarecer se são ou não verdade e explicar o porquê. Por isso, descubra se alguns destes mitos que vamos apresentar também já o colocaram em dúvida.

7 Mitos sobre Abastecer combustível

1

Abastecer de manhã, faz render mais o combustível?

Apesar de, com temperaturas mais frias, entrar mais massa de combustível ao abastecermos, não há diferenças entre manhã, tarde ou noite na hora de encher o depósito.

A maioria das bombas de gasolina armazena o combustível no subsolo em grandes tanques isolados que mantêm o combustível a uma temperatura constante ao longo do dia.

Portanto, o aumento da temperatura durante o dia não influencia a “qualidade” do combustível, mesmo que este se torne menos denso face a temperatura.

Para além disso, outro dado para juntar a esta equação é o facto da flutuação ser muito reduzida. Se existir uma diferença de 20 graus na temperatura ambiente é o suficiente para produzir uma variação de volume na casa dos 2,6% na gasolina e de 1,7% no gasóleo.

Veredito: MITO

2

O uso de combustível premium melhora o consumo do combustível

A menos que o seu carro tenha sido projetado especificamente para combustível premium ou não é “compatível” com o suposto low-cost, provavelmente não terá nenhum benefício em utilizar combustível premium.

A DECO realizou um estudo relativamente a este “mito”. A ideia era que cada um dos veículos abastecia num posto de abastecimento de marca diferente.

Conclusão: nenhum dos carros revelou diferenças entre os que abasteceram com combustível “premium” e os que abasteceram com combustível low-cost.

Ou seja, isto quer dizer que é sempre uma alternativa para encher o seu depósito. Ainda mais quando procura poupar nos gastos.

Veredito: MITO

3

Utilizar telemóvel nas bombas de gasolina é perigoso?

Este é mais um dos mitos sobre combustível que se propaga com bastante facilidade. A verdade é que, é proibido abastecer utilizando qualquer fonte potencial de ignição. Assim, o telemóvel entra numa lista que inclui, por exemplo, rádio ligado ao telemóvel.

Contudo, e por sua segurança (ainda que não fique convencido), utilize o seu somente após abastecer.

Veredito: MITO

mulher a abastecer com luvas
Veja também As regras de etiqueta que deve cumprir ao abastecer combustível
4

Encher o depósito é prejudicial para o seu carro

Quando estiver a abastecer o seu carro, não encha totalmente o depósito.

Se o fizer, pode correr o risco de danificar o sistema de controlo de emissões do depósito. A válvula que faz todo esse fluxo foi idealizada para reter o excesso de fumo no depósito, antes que este se propague para o exterior.

Por outras palavras, não foi pensada para reter “o próprio” combustível (e logo em excesso).

Veredito: VERDADEIRO

5

Evitar deixar o carro circular até ao “casco”

Por outras palavras, não espere que a luz do aviso de combustível acenda para abastecer. Para além de estar a “puxar” ainda mais pelo motor do seu carro, corre o risco de ficar “apeado” na estrada quando menos espera. Para além disso, consumirá muito mais combustível.

Assim, o melhor mesmo é definir um limite mínimo de combustível até abastecer. Alguns especialistas sugerem um quarto do depósito.

Veredito: VERDADEIRO

6

Sacudir a mangueira da bomba “dá” mais combustível

Este é um dos mitos sobre abastecer combustível mais comuns. Se a mangueira da bomba der sinal, fique por aí. Siga a recomendação.

Assim que chegar ao valor pretendido, não dá hipótese para encher mais. O sistema bloqueia. A bomba pára, a pressão do combustível desce e, por muito que aperte o gatilho, ou a sacuda a mangueira, não vai sair mais combustível.

Veredito: MITO

7

Esperar que os tanques de gasolina fiquem cheios e só depois abastecer

Imagine que vai a uma bomba de gasolina e repara que os camiões cisterna estão a encher os tanques, qual é o seu comportamento?

Supostamente, e apesar de não existir uma regra, deve esperar meia hora até poder abastecer o depósito. Esta foi uma “medida” de segurança imposta aos condutores para que não exista qualquer problema.

Na verdade, durante este processo, e paralelamente, existe um processo de filtragem para eliminar as várias impurezas que se vão depositando no fundo dos tanques ao longo de todos os carregamentos de combustível.

Para que estes dois processos corram normalmente foi, então, determinado o tempo de espera.

Veredito: VERDADEIRO (Apesar do motivo por detrás do tempo de espera)

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].