Elsa Santos
Elsa Santos
17 Abr, 2019 - 02:32
O que fazer depois da entrevista de emprego: 8 passos a seguir

O que fazer depois da entrevista de emprego: 8 passos a seguir

Elsa Santos

O tempo que separa a entrevista de emprego da comunicação do resultado pode parecer uma eternidade. Saiba como aproveitar esse período de forma produtiva.

O artigo continua após o anúncio

O que fazer depois da entrevista de emprego? A pergunta impõe-se sempre que passa a primeira fase de uma nova possibilidade de trabalho. Habitualmente, a resposta é muito simples: esperar. Errado.

É certo que a ansiedade é, por vezes, demasiado grande para permitir relaxar, mas é importante prestar atenção a alguns pormenores importantes e tornar produtivo este silencioso espaço de tempo.

Ainda que a fase seja desvalorizada pelos entrevistados, a verdade é que saber o que fazer depois de uma entrevista de emprego pode garantir a sua contratação. Não acredita? Pode acreditar e damos-lhe 8 bons motivos para o fazer.

8 coisas a fazer após uma entrevista de emprego

entrevista de emprego

1. Informe-se sobre os passos seguintes

Para passar por este período de limbo do processo de seleção de forma mais tranquila, coloque algumas questões ao recrutador, logo após terminar a entrevista de emprego.

Sim, também pode fazer perguntas. Deve solicitar toda a informação que lhe permita ficar esclarecido. Assim, poderá perguntar:

  • “Quais as próximas etapas do processo?”;
  • “Para quando prevêem uma decisão?”;
  • “Quando é que a empresa pretende dar uma resposta e por que via?”.

Estas são algumas das questões que poderá colocar a fim de obter um prazo de espera, por exemplo. Com estas respostas em mente, será capaz de gerir melhor a ansiedade preparar-se para uma próxima etapa. Para além disso, vai mostrar interesse.

2. Faça um balanço

Esta é a hora para colocar a si mesmo (e as suas atitudes durante o processo) na berlinda. Relembre as perguntas feitas e as respostas que deu. Acha que deixou alguma coisa importante por dizer ou disse demais? A sua postura foi adequada? Deu o seu melhor e cativou o recrutador?

Caso o balanço seja negativo, não fique ainda mais ansioso. Lembre-se que isso pode, que mais não seja, resultar numa preparação para fazer melhor numa próxima etapa ou oportunidade.

O artigo continua após o anúncio

3. Contacte as suas referências

Depois da entrevista, alguns recrutadores entram em contacto com as pessoas de referência. Para que ninguém seja “apanhado” de surpresa, deve ligar ou enviar um e-mail para as mesmas a avisar da possibilidade de serem contactadas.

Aproveite para lembrar os seus antigos chefes, colegas ou clientes dos projetos em que trabalharam juntos e de alguns resultados. Essa informação pode ser relevante.

4. Envie um e-mail de agradecimento

Alguns dias após a entrevista (dois ou três), pode enviar um email de agradecimento ao entrevistador, a menos que lhe tenha sido indicado que não o fizesse.

Na mensagem, reitere o seu interesse na vaga e empresa em questão e agradeça a oportunidade. Não se esqueça de que se o fizer, deverá usar um contacto profissional do recrutador, com toda a formalidade que o contexto exige.

5. Use as redes sociais

Aproveite para fazer uma revisão nas suas redes sociais. Apague ou restrinja a visibilidade de alguns posts que possam não abonar a seu favor.

Caso já tenha feito esse trabalho antes da entrevista (o que é muito positivo), use o tempo livre para saber mais sobre a empresa. Isso pode ser valioso para as próximas etapas do processo. Se já estava na última fase da seleção, aproveite para pesquisar outras vagas e preparar a sua marca pessoal online para próximas oportunidades.

Se combinou com o recrutador, poderá adicioná-lo no LinkedIn. No Facebook, nem pensar. No Twitter, não há qualquer problema se o seguir.

6. Contacte o recrutador após o prazo previsto

Se já passou o prazo previsto para o recrutador dar uma resposta e ele não entrou em contacto consigo, espere cerca de dois dias para ligar ou enviar um email.

O artigo continua após o anúncio

Caso ainda não tenha uma resposta, pergunte se pode entrar em contacto novamente e quando. Se o recrutador concordar, ótimo. Se não, aguarde. No máximo, envie um email um mês após a última conversa.

7. Esteja preparado para seguir em frente

Se após todos os esforços não obtiver resposta, não desanime e não insista demasiado. Por vezes, os processos demoram bem mais do que o previsto.

Aproveite o tempo para analisar e avaliar todo o processo, perceba como pode melhorar o que considera ter feito menos bem e continue a pesquisar oportunidades de emprego. Não pare.

8. Agradeça sempre

Mesmo que a resposta seja negativa, deve agradecer a oportunidade. Faça-o por email, por exemplo.

É certo que um “não” nunca é agradável, mas tente gerir da melhor maneira a frustração e encare a situação de forma cordial e educada.

Assim, vai conseguir marcar a diferença relativamente aos restantes candidatos e deixar uma impressão positiva. Nunca se sabe o que o futuro lhe reserva.

Se seguir estes 8 passos vai ter o que fazer depois da entrevista de emprego. Faça-o bem, independentemente do resultado.

Veja também:

O artigo continua após o anúncio
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp