Miguel Pinto
Miguel Pinto
04 Jun, 2024 - 11:34

São Martinho do Porto: o sítio ideal para umas férias em família

Miguel Pinto

São Martinho do Porto é um excelente destino para férias em família. Conheça os encantos desta localidade e da sua famosa concha.

Vista aérea de são martinho do porto

A única baía de Portugal continental, na praia de São Martinho do Porto, situa-se na zona oeste, distrito de Leiria, a uma hora e meia de Lisboa e a duas do Porto.

Esta baía é o último vestígio de um antigo golfo que até ao século XVI se estendia a Alfeizerão e que se abre ao Oceano através de uma barra, com cerca de 250 metros de largura, entre os morros de Santana, a Sul, e do Farol, a Norte.

É o destino ideal para quem se quer afastar um pouco da azáfama citadina, contando com inúmeras atrações ao seu redor.

Para os fãs de águas calmas e ligeiramente mais quentes do que o comum na costa oeste, esta praia é provavelmente a melhor escolha. Prova disso mesmo é, por exemplo, já ter sido distinguida como a praia ideal para férias em família.

São Martinho do Porto: vista privilegiada para o mar

A localidade conta com uma boa rede de comércio local, bem como de restaurantes, tendo opções gastronómica para todos os gostos. Ao longo do ano, São Martinho do Porto é um destino excelente para uns dias de descanso acompanhado de toda a família.

Mas para abrir o apetite o melhor mesmo é encher a vista com os vários miradouros da vila.

Sugerimos que espreite o Miradouro do Facho, o Miradouro do Cruzeiro, ou o Miradouro Salir do Porto, já fora de São Martinho do Porto.

Junto ao sopé do Monte de Santa Ana, ainda subsistem as ruínas de um arsenal onde foram construídas, com madeira do pinhal de Leiria, as caravelas que participaram nas descobertas e conquistas, nos reinados de D. Afonso V e D. João II.

Aliás, acredita-se que também aqui foram construídos os navios que levaram D. Sebastião a Alcácer-Quibir. O desfecho desta aventura por terras africanas é bem conhecido, mas esta é uma fascinante lição de história a não perder.

Refira-se que a história de São Martinho do Porto remonta aos alvores da nacionalidade, tendo sido um dos portos de mar dos Coutos de Alcobaça e doado à Ordem de Cister em 1153, por D. Afonso Henriques.

A famosa Concha

A concha de São Martinho do Porto (agora a espetacular praia da freguesia) é o que resta de um antigo golfo que ocupava uma vasta área, onde Alfeizerão constituía um porto de considerável importância.

Com o progressivo assoreamento da baía, Salir do Porto viria a desempenhar as funções que Alfeizerão já não podia cumprir.

O progressivo assoreamento da baía acabaria por reduzi-la a centro de pesca artesanal, função que ainda hoje conserva. O “barco do candil” ou a “xavasca” são algumas das embarcações típicas que ainda vão sobrevivendo nesta faina, cada vez mais restrita e menos rentável.

Com um areal de cerca de 3 quilómetros de extensão em forma de concha perfeita é um excelente destino para relaxantes momentos em família. Pelas suas características é ideal para as crianças e para os desportos náuticos.

A baía apresenta características únicas que potenciam o lazer e a prática de vários desportos náuticos como a vela, o windsurf e o stand up paddle.

Com uma marginal que percorre toda a praia, é um sítio de passeio familiar, por excelência, com bastante animação na época balnear. A praia tem Bandeira Azul, o que atesta da sua qualidade.

Onde Ficar

São Martinho do Porto ainda não é um destino de tal forma afamado que requeira grande investimento de alojamento. Por isso, a variedade de opções para pernoitar não é muito elevada.

Ainda assim, há soluções a ter em conta, e uma delas até é o Parque de Campismo Baía Azul. Situado mesmo em frente à Avenida Marginal, é possível ficar a dormir com o mar no horizonte, dependendo, claro, do local onde escolhe para acampar. Está a 50 metros da praia e tem blocos de campismo para tendas, caravanas e auto-caravanas.

Para uma escolha de alojamento mais tradicional, pode ser interessante verificar as ofertas nos Hotel Santo António da Baía, a 11 minutos a pé da praia, e Hotel Concha, em terceira linha de mar.

Ondas gigantes na Nazaré
Não perca Nazaré: o Sítio, as ondas gigantes e muito mais a descobrir

Onde comer

Como dito anteriormente, a oferta gastronómica supera a de alojamento. E não é só de pescado fresco que se compõe as especialidades dos restaurantes em São Martinho do Porto. Uma pizzeria e um restaurante indiano são dos mais recomendados nos sites especializados.

  • Nova Caravela

Uma das boas opções para comer o tradicional e saboroso peixe e marisco frescos. Delicie-se, por exemplo, com as ameijoas, linguado ou uma salada de polvo. A apresentação dos pratos e o serviço atencioso fazem deste o melhor restaurante segundo as avaliações dos utilizadores.

  • Pizzaria Portobello

Com vista para a Baía de São Martinho do Porto, esta pizzeria apresenta-se como uma boa aposta para uma pequena viagem à gastronomia italiana não saindo da Oeste português. Entre as especialidades da casa está a calzone em forma de peixe. Para os mais fortes, há que provar o azeite picante da casa.

  • Gelatomania

Depois de provar as deliciosas iguarias salgadas que São Martinho do Porto tem para oferecer, nada melhor do que deixar na boca o sabor doce da Gelatomania, uma casa muito conhecida na vila. Alem de gelados, pode (e deve) provar ainda os crepes e o chocolate. Ainda por cima, tem esplanada mesmo à frente da baía.

Como chegar

A partir do Porto

O melhor trajecto é feito saindo do Porto direcção a Lisboa/Ponte da Arrábida/Gaia, pela A1, depois seguir para sul pela A17 até que muda para A8, onde se faz a maior a parte do trajecto: 1h53. Na saída da A8 é optar pela que diz S. Martinho do Porto / Alfeizerão e continuar sempre em direcção a oeste até chegar à vila.

A partir de Lisboa

O caminho mais curto, de 1h30, faz-se saindo em direcção à A8, para norte, até à saída de S. Martinho do Porto /Alfeizerão.

Veja também