Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Olga Teixeira
Olga Teixeira
26 Mar, 2020 - 15:08

Transferências MB Way: já sabe quanto cobra o seu banco?

Olga Teixeira

As transferências feitas através do MB Way são práticas, simples e rápidas. Mas, em alguns casos, também não são baratas. Saiba os preços.

Fazer transferências MB Way era, para muitos, a forma mais simples e rápida de efetuar pagamentos instantâneos sem usar dinheiro ou cartão. Dividir a conta de um jantar com amigos ou transferir dinheiro para os filhos era prático e grátis.

E, em muitos casos, o verbo tem mesmo de ser usado no passado, uma vez que alguns bancos começaram a cobrar comissões pela utilização desta aplicação, fazendo com que muitas pessoas começassem a ponderar se valia mesmo a pena recorrer esta forma de pagamento.

Apesar da adesão e utilização da app serem gratuitas, o que contribuiu para a sua enorme popularidade – em agosto o número de utilizadores era já de um milhão e meio – as transferências MB Way começaram a ser taxadas pelos bancos no início de 2019.

Estas comissões variam de banco para banco e não são aplicadas por todas as entidades, nem em todos os casos.

De qualquer forma, e para evitar surpresas, esteja atento. Antes de efetuar a operação, poderá ver na própria aplicação qual o valor que será cobrado e, caso entenda que não compensa, poderá cancelar a transferência.

transferências MB Way: comissões Geram contestação

pagar imi com cartão de crédito

As comissões sobre as transferências MB Way têm causado alguma contestação. A DECO tem, no seu site, um local onde pode fazer uma reclamação que será endereçada ao Banco de Portugal.

A ideia é que estas comissões não ultrapassem os valores cobrados aos comerciantes para pagamentos com cartões (0,2% para cartões de débito e 0,3% para os de crédito). Em março de 2020 tinham já sido registadas mais de 42 mil reclamações.

No entanto, a realidade é que as comissões existem e estão a ser cobradas, pelo que é importante estar informado e, sobretudo atualizado, já que praticamente todos os meses há novidades em termos de cobrança de taxas.

custos das Transferências MB Way banco a banco

Vejamos, então, quanto se paga nos principais bancos a operar em Portugal pelas transferências MB Way.

Estas informações têm como base os preçários disponíveis nos sites de cada instituição bancária à data em que o artigo foi escrito.

BBVA

As transferências MB Way são gratuitas entre clientes do banco, mas têm um custo de 1,04€ (1€ + imposto de selo de selo de 4%) caso de destinem a uma conta de outra entidade bancária.  

Nota: devido à pandemia de COVID-19, o banco lançou uma campanha de isenção de custo de transferências, incluindo as que são feitas por MB Way, que é válida até 30 de junho.

Covid-19: as medidas dos bancos para apoiar os clientes
Veja também Conheça as medidas dos bancos para apoiar os clientes nesta crise

BPI

As transferências só são isentas de custos se for usada a BPI App, uma aplicação que pode ser descarregada sem custos e que permite também gerir a sua conta e realizar diversas opções bancárias.

Caso opte por continuar a utilizar a aplicação MB Way, as transferências têm um custo de 1,248€ (1,20€ + imposto de selo).

Caixa Geral de Depósitos (CGD)

Este banco, tal como outros, privilegia as transferências feitas através da sua aplicação própria, a Caixa Easy, que também permite transferir dinheiro usando o MB Way. A diferença está mesmo no preço.

Se for cliente da CGD e usar a aplicação do banco para transferir dinheiro para outra pessoa que tenha a mesma aplicação, não vai pagar nada.

Tenha no entanto em atenção que as transferências Caixa Easy estão limitadas a um valor máximo por transferência de 50€ Euros e a um valor máximo por dia de 100€.

O banco cobra pelas transferências MB Way 0,884€ por operação (0,85€ + imposto).

Ficam isentos os clientes com menos de 26 anos e os que têm “Conta Caixa”, mas neste último caso há limites.

Crédito Agrícola

De acordo com o preçário, o valor a cobrar é de 0,26€ (0,25€ + imposto de selo) se montante da transferência for superior ou igual a 10€ .

É igualmente cobrada uma comissão de 0,26€ se forem feitas mais de dez transferências MB Way mensais de valor inferior a 10€.

Os clientes Jovens com cartão SuperJovem ou Unplugged estão isentos até ao limite de 20 transferências de valor unitário inferior a 10€, efetuadas entre o primeiro e o último dia de cada mês.

Para os restantes clientes, com cartão de débito ou crédito, a isenção é apenas para as primeiras 10 transferências do mês realizadas no MBWAY (de valor inferior a 10€).

Os utilizadores da app moey!, a aplicação própria do banco, estão isentos de comissões.

Millenium BCP

O banco começou, em meados de 2019, a cobrar de comissões pelas transferências MB Way. No entanto, as condições são mais vantajosas para quem usar a aplicação própria do BCP.

O valor é 0,52€ (0,50€ + Imposto de selo) por operação realizada através da app do banco, subindo para 1,248€ euros (1,20€ + Imposto de selo) se utilizar a aplicação MB Way.

Montepio

O banco vai passar a cobrar, a partir de 1 de abril, uma comissão de 0,208€ (0,20 + Imposto de Selo) nas transferências MB Way intra e interbancárias.

Novo Banco

A comissão sobre transferências MB Way é de 0,15€, mais imposto de selo, quer o destinatário seja ou não cliente do banco. No entanto, o Novo Banco tem uma Smart APP que permite, entre outros serviços bancários, fazer transferências gratuitamente.

Nota: o pagamento de comissões nas transferências MB Way está suspenso até 30 de abril.

Santander

Em setembro de 2019 começaram a ser pagas as transferências MB Way feitas por clientes do Santander e este é mais um caso em que compensa usar a app do banco.

Utilizando a aplicação própria, e até três operações por mês de montante igual ou inferior a 50€, não há qualquer tipo de taxa. Ultrapassado esse limite, as transferências passam a ter um custo de 0,468€ (0,45€ + imposto de selo).

A exceção é para os clientes que possuam cartões Stream, U#, #Global U ou Mundo 123, que na app do banco nunca pagam por estas transferências.

Caso seja utilizada a app MB Way, da SIBS, o valor cobrado sobe para 0,936€ (0,90€ + Imposto de selo). No entanto, os clientes com cartões Stream, U# e #Global U não pagam.

Nota: durante a fase de pandemia, o Santander suspendeu todas as comissões relativas à utilização do MBWay.

Como poupar nas transferências bancárias em 5 passos
Veja também Como poupar nas transferências bancárias em 5 passos

Bancos que não cobram comissões

Nas seguintes entidades, as transferências MB Way continuam a ser gratuitas, quer entre contas do mesmo banco, quer o destinatário seja cliente de outro banco.

Assim, e por razões de segurança, estão limitadas a um valor máximo por transferência de 750€ e a um valor máximo mensal (de dia 1 ao último dia do mês) de 2.500,00€ recebidos e enviados. Só são permitidas 20 transferências recebidas por mês.

Veja também