Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Assunção Duarte
Assunção Duarte
09 Nov, 2018 - 13:14

Android Messages promete revolucionar a troca de mensagens

Assunção Duarte

A Google está a apostar em novas funcionalidades para o Android Messages e a garantir a adesão das operadoras ao protocolo RCI para substituir SMS.

Android Messages promete revolucionar a troca de mensagens

O Android Messages é a aplicação oficial do sistema operativo Android, que pode ser utilizada para enviar SMS ou MMS, mas que já suporta o novo protocolo RCS (Rich Communication Services) que permite mensagens multimédia e chat.

Desenvolvido sob a alçada da GSM, uma associação internacional com sede no Reino Unido, mas que representa os interesses comerciais das operadoras de redes móveis em todo o mundo, o RCS pretende ser a evolução natural do protocolo SMS, para as operadoras e para os fabricantes de software.

Android Messages: porquê apostar no RCS?

Android Messages

O SMS foi, durante anos, o protocolo principal de comunicação de mensagens entre telemóveis, mas com a crescente adesão dos utilizadores de smartphones ao WhatsApp e a outras aplicações de chat, rapidamente a comunicação por SMS ficou ultrapassada.

Quem se habituou a enviar imagens, vídeos ou emojis, não quis mais ficar limitado a caracteres de texto. O protocolo MMS para o envio de mensagens multimédia também nunca conseguiu muito sucesso, até porque as operadoras cobram para o envio deste tipo de mensagens. Como resultado, as operadores foram perdendo terreno e lucros para aplicações que, online, permitem o envio e a partilha de todo o tipo de conteúdo.

RCS: enviar conteúdo multimédia sem Internet

O RCS foi criado para ser o ecossistema que vem permitir comunicações multimédia entre dispositivos móveis sem necessidade de ter Wi-Fi ou dados móveis ligados, já que funciona a partir de um aplicação base de troca de mensagens instalada no terminal, tal como funcionava o SMS.

Este novo protocolo de comunicação promete transmitir rapidamente imagens de alta resolução, vídeo e áudio com qualidade, conversas de grupo e mensagens instantâneas com recibo de leitura.

Estava previsto que as mensagens RCS começassem a substituir as mensagens SMS já em 2017, mas a evolução tem sido lenta e depende muito da implementação que cada operador está a fazer da tecnologia disponível.

A enorme fragmentação do mercado Android também foi um entrave a uma adesão mais rápida, mas a Google está agora empenhada em acelerar o processo.

As novas funcionalidades pensadas para o Android Messages são uma prova desse empenho, tal como a aposta na possibilidade de, nesta fase de transição, o protocolo RCS poder converteR as suas mensagens em SMS tradicionais para os utilizadores cujas operadoras ainda não aderiram e para os utilizadores de iPhones.

Vantagens do Android Messages

Android Messages

A Google está a tentar convencer as operadoras a adotar uma única versão do RCS, precisamente a versão que integrou no seu Android Messages. Uma vez conseguida a adesão das operadoras, os utilizadores poderão trocar mensagens e conteúdos entre si sem passar pelos servidores da Google, já que estas passam a ser um serviço da operadora, tal como eram as mensagens SMS. Conseguindo ter as operadoras do seu lado (por exemplo, a operadora americana Sprint já aderiu), a Google consegue conquistar duas vitórias em simultâneo.

A primeira é integrar os mais de dois mil milhões de utilizadores do Android no ecossistema RCS, podendo assim competir melhor com o iMessages da Apple, que foi considerado um dos serviços de mensagens que mais depressa melhorou as mensagens modernas sem recorrer a aplicações fora do sistema. Se a Google conseguir a adesão total é bem provável que a própria Apple venha a ser obrigada a implementar o novo standard RCS.

A segunda tem a ver com as fugas de dados e todos os “acidentes” que têm acontecido com a empresa americana no que diz respeito à violação de privacidade dos seus utilizadores. Com esta passagem para as operadoras, a Google pode libertar-se ou, pelo menos, partilhar as responsabilidades com eventuais interferência nas comunicações ou acesso aos dados dos utilizadores.

Android Messages: as novidades mais recentes

Até agora, o Android Messages tinha conquistado pouco utilizadores, até porque a capacidade de enviar mensagens e usar o chat através da Google estava um pouco dispersa por vários produtos, como o Hangouts, o Allo e o Duo.

Para captar os utilizadores, a empresa acena com novas e atrativas funcionalidades. Para além dos utilizadores terem acesso ao envio das tradicionais mensagens SMS através da operadora, agora capazes de ser enriquecidas com stickers, emojis, imagens, GIFs e outros conteúdos multimédia, eles passam a ter acesso, na mesma aplicação e sem recorrer ao Wi-Fi ou aos dados, ao serviço de chat que inclui conversas de grupo.

Mas o destaque vai, sem dúvida, para o facto da empresa americana ter equipado o Android Messages com novidades do campo da inteligência artificial, um sinal de que este passou a ser o serviço de troca de mensagens definitivo para a Google. Assim, a aplicação passou a integrar o assistente virtual Google Assistant e a integrar uma opção de Smart Reply que permite apresentar sugestões de respostas rápidas.

A outra grande novidade é que o Android Messages também vai poder ser utilizado a partir do computador. Basta aceder ao site messages.android.com e emparelhar o smartphone através de um código QR. Tudo dentro do sistema operativo Android, sem ter de instalar mais nenhuma aplicação externa.

Veja também