Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ekonomista
Ekonomista
21 Jan, 2020 - 14:15

Baixas para assistência a filhos vão passar a ser pagas a 100%

Ekonomista

Em tom de incentivo para apoiar a natalidade, o Governo confirma que as baixas para assistência a filho passarão a ser pagas a 100%.

Mãe de baixa para assistir filho doente

A partir do momento em que o Orçamento de Estado para 2020 entrar em vigor, as baixas para assistência a filhos, em caso de doença ou acidente, vão passar a ser pagas a 100%.

A garantia foi dada pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que, em entrevista ao jornal Público, também garantiu que o Governo tem 1,52 milhões de euros destinados a apoiar a natalidade.

Ana Mendes Godinho referiu ainda que a partir do último trimestre deste ano, todas as famílias com um segundo ou mais filhos até aos três anos de idade vão ter direito a um cheque para ajudar com as despesas da creche. Apesar de o montante ainda não estar definido, sabe-se que as famílias terão direito a este apoio independentemente do valor dos seus rendimentos.

A ministra fez ainda questão de frisar que o Estado vai investir mais em outros instrumentos de apoio à natalidade, nomeadamente nas licenças de parentalidade (que passará a ser de 20 dias úteis logo a seguir ao nascimento) e no abono de família, com a concretização plena do quarto escalão e o alargamento da abrangência das crianças dos 12 para os 36 meses.

Veja também