Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
09 Jan, 2024 - 10:43

Carro da Xiaomi: SU7 quer revolucionar mercado dos elétricos

Valdemar Jorge

Chama-se SU7 e é o primeiro carro da Xiaomi. A ideia é mudar a forma como vemos os veículos 100% elétricos. Venha conhecê-lo.

o novo carro da Xiaomi

O final do ano de 2023 ficou marcado com a divulgação do primeiro carro da Xiaomi 100% elétrico, o SU7. O automóvel foi apresentado no evento “Xiaomi EV Technology Launch” que decorreu em Pequim, e que teve como anfitrião Lei Jun, fundador, presidente e CEO do Grupo Xiaomi.

O que se ficou de imediato a saber na sessão (pode ver ou rever aqui partir do minuto 30), é que o SU7 destaca-se pela tecnologia de condução autónoma Pilot, desempenho, design e pelo cockpit inteligente.

No evento, que serviu também para o gigante chinês fazer o lançamento da tecnologia Xiaomi EV, foram revelados os cinco pilares principais desta tecnologia: E-Motor, Bateria, Xiaomi Die-Casting, Xiaomi Pilot Autonomous Driving e Smart Cabin.

É com o desenvolvimento destas tecnologias básicas que a Xiaomi “pretende redefinir a tecnologia da indústria automóvel”, e ‘arrasar’ com a hegemonia da Tesla, com o Model S, ou com a de marcas como a Porsche, com Taycan.

No evento, Lei Jun afirmou que a entrada da Xiaomi na indústria automóvel “marca um salto significativo da indústria de smartphones e um passo crucial para fechar o ciclo do ecossistema inteligente Human x Car x Home”.

Carro da Xiaomi: SU7 é o futuro da mobilidade?

O desenvolvimento do Xiaomi SU7, produto com que a empresa quer marcar o futuro da mobilidade inteligente, não foi barato nem fácil.

A empresa investiu cerca de 1,3 mil milhões de euros no projeto deste carro da Xiaomi, que envolveu mais de 3400 engenheiros. Alguns vieram de marcas prestigiadas, como a BMW e a Mercedes-Benz, e foram responsáveis pelo design e aerodinâmica do veículo.

Sendo uma empresa que se destaca pela inovação e diversificação dos seus produtos, que vão desde smartphones até escovas de dentes elétricas, passando por aspiradores ou evoluídas trotinetes elétricas, o que terá motivado a Xiaomi a produzir o SU7?

Segundo Lei Jun, a empresa tem como objetivo oferecer uma experiência integrada e inteligente aos seus consumidores, que possa conectar todos os seus dispositivos e serviços numa plataforma única.

O veículo elétrico SU7 será uma peça-chave nesta estratégia, pois permitirá aos utilizadores aceder e controlar os seus produtos Xiaomi por meio de uma interface intuitiva e personalizada, presente no painel do automóvel.

Oferecer produtos tecnológicos de elevada qualidade

Além disso, este carro da Xiaomi será equipado com tecnologias de ponta, como bateria de longa duração, sistema de condução autónoma, câmaras de alta resolução e reconhecimento facial, entre outras tecnologias.

Mas não é só. A empresa vê o mercado de carros elétricos como uma oportunidade de crescimento e expansão global, já que o sector está em ascensão e tem uma procura crescente por soluções cada vez mais eficientes.

Neste contexto a Xiaomi competirá com outros gigantes, como a Tesla, Volkswagen ou Toyota, mas sempre com o foco em oferecer produto de qualidade, com design e preço acessível.

Com forte presença na China ou Índia, a empresa almeja conquistar novos mercados com o 100% elétrico SU7. O carro da Xiaomi veio para conquistar o mercado.

Xiaomi SU7
O Xiaomi SU7 deve ficar para já circunscrito ao mercado chinês

Os cinco pilares que norteiam o SU7

Antes de abordarmos a estética e os destaques do habitáculo do SU7, importa observar os pilares tecnológicos que, segundo a empresa, norteiam o design e funcionamento do sedan 100% elétrico, que promete revolucionar o mercado automóvel:

  • E-Motor: motor elétrico que garante alta eficiência energética, baixo ruído e longa vida útil. O E-Motor é capaz de gerar uma potência de até 400 kW e um binário de até 900 Nm, oferecendo excelente performance. Os motores elétricos disponíveis denominam-se HyperEngine V6/V6s e HyperEngine V8s.
  • Bateria: a bateria de íon de lítio armazena a energia elétrica que alimenta o motor deste carro da Xiaomi. A bateria tem uma capacidade de 100 kWh e uma autonomia de até  800 km, além de contar com um sistema de recarga rápida que permite carregar 80% da capacidade da bateria, em apenas 15 minutos.
  • Xiaomi Die-Casting: o processo de fabricação do chassis do veículo utiliza uma liga de alumínio de alta resistência e baixo peso. O Xiaomi Die-Casting permite criar peças complexas e precisas com um único molde, reduzindo o custo e o tempo de produção, bem como, o desperdício de material.
  • Xiaomi Pilot Autonomous Driving: sistema de condução autónoma que utiliza sensores, câmaras, radares e inteligência artificial para detetar o ambiente em redor do veículo e tomar decisões de forma segura e eficiente. O sistema pode operar em diferentes níveis de autonomia, desde o assistente de estacionamento até à condução totalmente autónoma, sem a intervenção do condutor.
  • Smart Cabin: o habitáculo inteligente do carro da Xiaomi proporciona uma experiência confortável e personalizada ao condutor e passageiros. A Smart Cabin conta com um painel digital, sistema de entretenimento, controle por voz e gestos, iluminação ambiente, ar-condicionado inteligente e outros recursos tecnológicos que se adaptam às preferências e às necessidades dos utilizadores.

Resumindo: o Xiaomi EV é mais do que um veículo elétrico. É um produto inteligente que integra hardware, software e serviços para oferecer uma solução completa de mobilidade.

Xiaomi SU7 um sedan elegante

O carro da Xiaomi é compacto e elegante. É este elemento diferenciador que potencia as outras caraterísticas do design do SU7 nomeadamente:

  • A secção dianteira em forma de V, que integra os faróis de LED e o logotipo da marca, conferindo uma identidade visual moderna e dinâmica.
  • As linhas aerodinâmicas do capot, do tejadilho e da traseira, que reduzem o arrasto e melhoram a eficiência energética do veículo.
  • As jantes de liga leve de 18 polegadas, que combinam com o estilo desportivo e sofisticado SU7.
  • As óticas traseiras colocadas em posição horizontal, unidas por uma barra de LED. Criam um efeito visual harmonioso.
  • A cor metalizada azul que realça o brilho e elegância do carro 100% elétrico, além de que transmite uma natural sensação de tranquilidade e confiança.

Habitáculo moderno, confortável e inteligente

O design do habitáculo apresenta características que o diferenciam de outros modelos que encontramos no mercado. Vejamos alguns pormenores que contribuem para que o Xiaomi SU7 seja uma proposta verdadeiramente inovadora:

  • Painel de instrumentos digital e interativo, que permite ao condutor personalizar as informações e funções que deseja visualizar e controlar, nomeadamente velocidade, autonomia, sistema de navegação, entretenimento ou sistemas de segurança.
  • Volante multifuncional. Este  integra botões e comandos de voz para facilitar a operação do veículo sem tirar as mãos da direção, com o objetivo de aumentar a segurança.
  • Consola central com grande ecrã sensível ao toque. A partir deste é possível aceder a diversas funcionalidades do carro, como o ar-condicionado, sistema de som, espelhamento do smartphone, câmaras externas e os modos de condução.
  • Sistema de som premium, que conta com alto-falantes de alta qualidade (23) distribuídos pelo habitáculo, proporcionando uma experiência sonora imersiva e envolvente, com utilização de Dolby Atmos.
  • Tejadilho solar panorâmico, amplia a sensação de espaço e luminosidade no interior do veículo. Permite ainda uma vista privilegiada do céu e do ambiente externo.
  • Design minimalista e elegante, que combina cores neutras e materiais nobres, como couro, alumínio e fibra de carbono, criando um ambiente sofisticado e confortável.

Ainda no habitáculo, o pacote tecnológico integra o sistema mais recente desenvolvido pela Xiaomi, o HyperOS, animado por processador Qualcomm Snapdragon 8295; ecrã central com resolução 3K e uma diagonal de 16,1 polegadas.

Os bancos dianteiros recebem ainda, na parte de trás dos encostos de cabeça, encaixes magnéticos para alojamento de tablet Xiaomi Pad.

Novo Porsche Panamera
Veja também Porsche Panamera 2024: com novo estilo e mais tecnológico

Xiaomi SU7 terá duas versões

O Xiaomi SU7 iniciará carreira comercial no mercado chinês, nas próximas semanas, com duas versões distintas: uma com dois motores e tração às quatro rodas, que se chamará SU7 Max, e uma segunda, com um motor e tração traseira, que se denominará SU7.

Sobre a performance do automóvel sabe-se ainda que será capaz de cumprir o sprint dos 0-100 km/h em 2,78 segundos. A autonomia anunciada entre recargas de bateria é de até 800 km (medição em ciclo de teste chinês).

Quanto a tempos de carregamento a bateria de 101 kWh e 800 V permite em cinco minutos acumular carga suficiente para percorrer 220 km. Em 10 minutos o valor passa para os 390 km e em 15 minutos para os 510 km.

Por outro lado, o modelo SU7 apenas permitirá carregamento a 400 V e a autonomia da bateria será de até 668 km. Valores muito interessantes para um automóvel 100% elétrico.

Com dimensão aproximada ao de uma berlina BMW Serie 5, o Xiaomi SU7 disponibilizará duas bagageiras: uma com 517 e outra com 105 litros de capacidade.

Condução autónoma com tecnologias pioneiras

A condução autónoma é um dos elementos diferenciadores do Xiaomi SU7. Para o desenvolvimento do carro 100% elétrico a gigante chinesa é pioneira ao apresentar três tecnologias: Tecnologia BEV Adaptativa, Modelo Fundacional de Mapeamento de Estradas e Tecnologia de Rede de Ocupação Super-Res.

A empresa desenvolveu ainda, de forma independente, o primeiro “Modelo de IA de deteção e tomada de decisões de ponta a ponta” para estacionamento automatizado.

Segundo revelou o CEO da Xiaomi “este modelo permite a observação em tempo real e o ajuste dinâmico ao estacionar em cenários desafiadores, como estacionamentos que incluem elevadores”.

Assim, no que diz respeito ao hardware, “o sistema está equipado com configurações topo de linha, incluindo dois chips NVIDIA Orin de alto desempenho com um poder de computação combinado de 508TOPS”.

Deste modo o Xiaomi SU7 Max estará equipado com hardware de perceção que inclui “um LiDAR, onze câmaras de alta definição, três radares de ondas milimétricas e doze radares ultrassónicos”.

Os preços e outros detalhes ainda não foram divulgados. No entanto, o SU7 está disponível para encomenda e a Xiaomi espera entregar as primeiras unidades, na China, no decorrer do mês de fevereiro.

Veja também

Artigos Relacionados