Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Helena Peixoto
Helena Peixoto
03 Jun, 2018 - 00:00

Estilos de decoração: como escolher o perfeito para a sua casa?

Helena Peixoto

Que estilos de decoração se adequam mais a si e à sua casa? Gosta de vários e não se consegue decidir sobre o que fazer? Veja as nossas dicas e deixe os medos de lado – coragem para arriscar!

Estilos de decoração: como escolher o perfeito para a sua casa?

São imensos os estilos de decoração disponíveis para uma pessoa escolher para sua casa. Mas, a grande questão que se impõe é: como escolher? Muitas vezes por medo mas a maior parte por desconhecimento, acabamos por não conseguir definir o nosso estilo próprio decorativo. Venha saber como fazê-lo e não tenha mais dúvidas!

7 estilos de decoração a não perder

Na hora de escolher os estilos de decoração, há uma premissa verdadeiramente essencial: conhecê-los! Deve ler bastante, pesquisar bastante e só assim conseguirá perceber se tem a ver consigo. Aqui deixamos-lhe 7 diferentes estilos para perceber se são do seu agrado.

Rústico

Imagine aquelas casas de campo, com muita madeira à vista, cozinhas tradicionais, muitas flores e plantas e armários rústicos: este é o estilo de decoração rústico. Neste estilo é também feito um grande aproveitamento de materiais como garrafas e latas para vasos, por exemplo, e abundam as almofadas, mantas de crochê para o sofá e acessórios de cozinha como cafeteiras, bules e chávenas de porcelana. No estilo rústico a madeira é mesmo e elemento reinante: seja nos acabamento, como base de chão, teto (vigas) ou paredes ou em elementos decorativos, sempre a contrastar com elementos da Natureza e com tecidos bem naturais. Estas casas são sempre bem acolhedoras e com alguma cor.

Retro

O estilo retro é geralmente apreciado pela franja da sociedade mais jovem. Este estilo remete muito aos anos 70 e 80 e tem, por isso, elementos dessa época (frigoríficos SMEG, batedeiras coloridas, sofás com capas berrantes, etc.). E se pensa que é difícil escolher este estilo engana-se: as lojas estão carregadas destes artigos!

Contemporâneo

Este é um dos estilos de decoração mais ‘clean’: poucas peças decorativas mas com grande presença: detalhes fortes e cores como o prata, preto, branco e vermelho. É também feito o contraste do branco com o preto (ex: parede branca e sofá preto) e são muito utilizadas as mesas de vidro e candeeiros minimalistas.

Escandinavo

O estilo escandinavo é um estilo bem básico e tem como principais características os ambientes brancos depois salpicados com pequenos apontamentos coloridos (almofadas estampadas ou outros acessórios coloridos). Neste estilo bastante informal há espaço para alguns apontamentos de criatividade individual.

Eclético

O estilo de decoração eclético reúne opostos aparentemente impossíveis de juntar: o antigo e o novo, o Oriente e o Ocidente ou o luxo e a simplicidade. É um dos estilos que exige maior cuidado para não cair numa grande confusão decorativa. Este é um dos estilos de decoração que se quer surpreendente sem ser complexo demais.

Industrial

O estilo industrial é um estilo muito dinâmico. As cores são mais escuras do que o habitual e o ambiente é um pouco ‘fabril’: muito ferro, estruturas à vista, mobília versátil (que cumpre mais do que um propósito), pés direitos muito altos e candeeiros ‘nus’.

Minimalista

‘Keep it simple’, é o estilo minimalista. Nestas situações é utilizado o mínimo indispensável para manter uma casa agradável e funcional. Os elementos decorativos praticamente não existem e são substituídos por mobiliário confortável e cómodo. As linhas são simples e retas ou com padrões geométricos e as cores mais utilizadas são o branco, preto, azul, beige, amarelo e as suas variações

Dicas importante na hora de escolher estilos de decoração

Agora que já conhece os principais estilos de decoração, vamos ajudá-lo a chegar à conclusão de qual gosta mais e qual gostaria de ver aplicado na sua casa.

Fazer uma lista do que gosta

Depois de fazer uma pesquisa intensiva de ambientes decorativos, faça uma lista daquilo que gostou mesmo. Quais as cores que mais gostou de ver nos diferentes ambientes? E em termos de linhas, identifica-se mais com linhas simples ou com grandes ‘rococós’? Como gostaria de ver a sua sala: bem cheia de elementos decorativos ou com o mínimo indispensável? Faça uma lista dos 10 essenciais para sua casa e tente encontrar uma linha comum entre os mesmos.

Transporte o que gosta para um ‘vision board’

Crie um ‘vision board’ para a decoração da sua casa. Pegue numa grande cortiça e comece a recortar ou imprimir peças de decoração ou ambientes decorativos que verdadeiramente o apaixonam. À medida que vai encontrando ‘amores’ na decoração, coloque-os lá. No final, vai ter uma ideia mais específica e ‘viva’ daquilo que verdadeiramente gosta e quer.

Não tem mal misturar!

Se depois de fazer este exercício chegou à conclusão que gosta de mais do que um estilo de decoração, não há problema nenhum! Não há qualquer proibição em juntar dois estilos de decoração, desde que o faça com o devido equilíbrio e conta, peso e medida. Na verdade, esta junção de ambientes pode tornar a sua casa bem mais interessante e com personalidade.

Veja também