Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
André Freitas
André Freitas
12 Fev, 2020 - 19:11

Jipes baratos para TT: 8 modelos que não o vão deixar ficar mal

André Freitas

Estes são 10 jipes baratos e ideais para todo o terreno. Diversão garantida, sem fazer grande mossa na sua carteira.

Mitsubishi Pajero

Todos os aficionados pelas aventuras TT sabem que esta paixão muitas vezes tem um custo elevado, e que o conceito de barato, fora de estrada, ganha toda uma nova relevância. Ainda assim, em Portugal, é possível encontrar alguns jipes baratos para TT que oferecem uma boa relação, não qualidade/preço, mas sim aventura/preço.

A lista que aqui apresentamos é a prova de que não é preciso um investimento demasiado aveludado num jipe para poder usufruir de experiências incríveis, únicas e divertidas.

E embora um Land Rover Defender ou uma Ford Ranger Raptor nos permitam chegar a todo lado sem precisar sequer de “suar”, os preços quase “proibitivos” inibem muitos de levar estas máquinas até terrenos mais desafiantes.

Preparamos por isso uma lista de jipes para TT focada na fiabilidade e robustez necessária para as boas aventuras, tendo como teto um orçamento máximo de 10 000€.

jipes baratos para TT: 8 modelos para ter em conta

Embora no panorama automóvel geral 10 000€ esteja longe de ser considerado “barato”, no mundo dos todo-o-terreno, tendo em conta as características muito próprias destes veículos, encontrar automóveis por valores inferiores a 5 000€ é tarefa impossível.

Em contra-partida, estes são automóveis que tendem a aguentar muito bem o seu valor no mercado de usados, e alguns deles tendem até a valorizar no futuro, podendo por isso ser considerados investimentos.

Esta lista não representa qualquer ordem específica. Nem de preferência do autor, nem de capacidades de todo-o-terreno, nem sequer de preço, sendo apenas uma compilação de excelentes jipes baratos para TT.

1. Suzuki Jimny

Suzuki Jimny
O novo Suzuki Jimny é o jipe para TT (novo) mais barato que pode comprar

Inauguramos a nossa lista de jipes baratos para TT com uma marca que, talvez, o possa surpreender: a Suzuki.

Apesar de aparentemente não ser tão robusto como outros todo-o-terreno, o Suzuki Jimny tem tração integral e apresenta excelentes ângulos de entrada e de saída, conciliando a isto um estilo desportivo e citadino q.b.

Com várias motorizações disponíveis, incluindo diesel e gasolina, o primeiro Jimny foi lançado no Japão nos anos 70. Como foi projetado para ser leve e chegar onde os automóveis “normais” não chegam, este modelo foi, e continua a ser, um verdadeiro sucesso.

Atualmente, o novo Jimny ainda continua a ser comercializado pela fabricante nipónica, apesar de já ter sido anunciada que as vendas na Europa iriam cessar em 2020, fruto das novas normas Euro6. Fatores que farão inflacionar ainda mais o valor destes automóveis no futuro.

2. Lada Niva

Lada Niva
O “novo” Lada Niva é uma cópia de carvão do seu antecessor.

Se não for amante de automóveis e de veículos todo-o-terreno, talvez este modelo e marca sejam uma novidade. Falamos do Lada Niva. Este jipe é produzido pela AvtoVAZ, uma fabricante russa.

Este não é um modelo comum em Portugal, provavelmente, por ser de uma fabricante russa. E, também, porque não é um automóvel que conta com muita evolução e tecnologia.

No entanto, é essa mesma “falta” de evolução tecnológica e a simplicidade de construção tornam-se uma vantagem no momento de manutenção ou reparação. Isto, porque praticamente qualquer mecânico, ou até mesmo você, irá conseguir resolver facilmente qualquer problema.

Existem vários motores que equipam esta “besta russa”, tais como o 1.6 litros e 1.7 litros a gasolina, e ainda a verão 1.9 litros diesel.

Em 2019 foi anunciada uma “nova” versão do Lada Niva, que na verdade de novo, apenas contará com uma suspensão revista, direção assistida e… ar condicionado.

3. Nissan Patrol

Nissan Patrol
Segunda geração do Nissan Patrol

O Nissan Patrol é, seguramente, um dos melhores jipes que pode adquirir para momentos de diversão fora de estrada. Qualquer que seja a versão, desde as mais antigas às mais recentes.

O Nissan Patrol é também um “velho” conhecido em Portugal, e continua a ser bastante utilizado pelas forças policiais, existindo alguns exemplares com centenas e centenas de milhares de quilómetros, sem apresentar qualquer fatiga.

A marca nipónica apostou em construir um modelo possante, com motores potentes e fiáveis, que o ajudarão a superar qualquer obstáculo, quer seja em areia, quer seja em montanha.

4. Mitsubishi Pajero

Mitsubishi Pajero
A primeira geração do Mitsubishi Pajero

O Mitsubishi Pajero, conhecido em Espanha e na América Latina como Mitsubishi Montero, é também um velho conhecido dos apreciadores de TT.

A sua produção começou em 1982 e atualmente continua ainda a ser produzido. Este é um indicador positivo porque atesta qualidade do modelo e da marca.

Tal como os outros modelos que constam nesta lista, o Pajero também conta com tração 4×4 e bloqueio de diferencial.

Numa pequena pesquisa, rapidamente irá perceber que consegue encontrar várias alternativas, disponíveis numa vasta gama de preços. Poderá assim escolher entre veículos mais recentes ou mais antigos, com mais ou menos quilómetros e com diferentes motorizações.

UMM: jipes made in Portugal
Veja também UMM: jipes made in Portugal

5. Jeep Grand Cherokee

Jeep Gran Cherokee
Jeep Gran Cherokee dos anos 90

Apesar de ser menos vulgar no mercado português, o Jeep Grand Cherokee começou a ser produzido em 1992 e rapidamente fez sucesso no continente Americano.

É um SUV com uma história relativamente recente, mas com muitas provas dadas. Por essa razão a fabricante americana já lançou quatro gerações deste modelo, e a tendência será para seguir, quiçá até com modelos eletrificados.

Este poderá perfeitamente ser aquele jipe barato para TT que tanto procura para as suas aventuras. Por exemplo, poderá encontrar a primeira geração por menos de 4.000€. Caso prefira uma versão mais recente, também já a poderá encontrar por menos de 8.000€.

6. Dacia Duster

O Dacia Duster será, provavelmente, o veículo mais recente que conseguirá comprar a um preço atrativo. E apesar de parecer um “outsider” nesta lista, garantimos que irá ficar impressionado com as capacidades deste automóvel fora de estrada.

O Dacia Duster caracteriza-se por ser um SUV compacto bastante versátil e disponível para todo o tipo de aventuras, inclusive as mais adversas, como pudemos testar no nosso ensaio.

Este modelo surgiu em 2009 e, desde então, tem vindo a surpreender os condutores devido à excelente relação qualidade/preço que apresenta, sobretudo na versão mais recente.

Se procura um veículo mais recente, mas que possa levar para fora da estrada sem gastar muito dinheiro, encontrará vários exemplares abaixo dos 10.000€.

7. Subaru Forester

Subaru Forester
Subaru Forester a “mergulhar” numa poça de lama no Norte da Europa

Por si só, a Subaru não é uma marca facilmente encontrada em Portugal. E o Forester é um modelo ainda menos vulgar.

A sua produção arrancou em 1998 e tem-se estendido até aos dias de hoje. Atualmente, existem cinco gerações deste modelo que são equipadas com vários tipos de motorização e de diferentes potências, servindo assim vários gostos, necessidades e também várias carteiras.

Se procura um elemento que o complete fora da estrada, mas que também o complete nas suas rotinas do quotidiano e que satisfaça a sua família, este modelo pode encaixar-se perfeitamente nas suas exigências.

8. Toyota Land Cruiser

Toyota Land Cruiser
Toyota Land Cruiser lançado em 2005

A história do Toyota Land Cruiser começou há quase 70 anos. Foi em 1951 que o mundo viu ser lançada a primeira geração deste todo o terreno.

Desde o seu lançamento, já foram criadas 10 gerações deste “indestrutível” jipe. Tal como os outros modelos da marca, o Land Cruiser é um modelo extremamente fiável.

Devido às excelentes características deste 4×4, encontrar exemplares por 10 000€ pode significar que não estejam em perfeitas condições. E tendo em conta que este é um investimento “seguro” e que manterá o seu valor no futuro, talvez não se importe de esticar um pouco o seu orçamento.

Veja também