Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
David Afonso
David Afonso
24 Mar, 2020 - 17:40

Vai existir uma nova rotulagem para os pneus. Conheça-a

David Afonso

A União Europeia adotou novas medidas para informar melhor os utilizadores sobre as condições de aderência em chuva e eficiência energética dos pneus.

homem a escolher pneu

O Conselho da União Europeia decidiu modificar algumas medidas relativas à rotulagem de pneus e aplicá-las num novo regulamento, que visa facilitar a interpretação de alguns parâmetros como a eficiência energética, a aderência em piso molhado e o ruído de rolamento.

Fornecendo mais e melhor informação aos consumidores vai permitir-lhes escolher pneus mais seguros, que gastem menos combustível e também mais silenciosos, providenciando uma condução mais confortável

Rotulagem de Pneus: O que é e como são atribuidas as avaliações?

etiqueta de pneu
Exemplo do que é a rotulagem de um pneu

Desde 2012 que todo e qualquer pneu novo comercializado dentro da União Europeia é obrigado a conter um autocolante onde está descriminada a prestação do pneu nos diferentes parâmetros: isto é a rotulagem do pneu.

Este autocolante deve estar presente nos 3 tipos de pneus que existem: os pneus para veículos ligeiros de turismo (C1), veículos comerciais ligeiros (C2) e veículos comerciais pesados (C3).

Como é avaliada a eficiência energética?

A resistência ao rolamento, que afeta diretamente o consumo de combustível e as emissões de CO2, é responsável por cerca de 20% do consumo de combustível dos veículos.

Este fenómeno ocorre porque o pneu deforma-se ligeiralemte enquanto está a rolar, resultando em perdas de energia através do aquecimento. Quanto maior for a deformação, mais alta é a resistência ao rolamento do pneu, maior é o aquecimento da banda de rolamento e consequentemente, é necessário mais combustível para fazer mover o veículo, o que implica maiores emissões de gases poluentes.

Este critério está dividido em 7 classes: de A a G, sendo que A significa máxima eficiência e G menor eficiência.

Como é avaliada a aderência em piso molhado?

Este parâmetro diz respeito à distância necessária para ir dos 60 km/h aos 20 km/h, em linha reta, numa estrada molhada com uma altura variável de água entre 0,5 e 2 mm.

A categorização está também dividida em 7 classes: de A (mais eficiente na aderência em piso molhado) a G (menos eficiente na aderência em piso molhado).

Esta é provavelmente a categoria mais importante para o consumidor, uma vez que indica até que ponto o pneu o irá ajudar numa situação de superfície molhada ou a distância de travagem sobre piso molhado.

Como é classificado o ruído de rolamento?

O ruído do rolamento de um pneu aumenta a poluição acústica. Abaixo de 50 km/h, trata-se principalmente do ruído do motor. Acima de 50 km/h, o ruído é externo e vem dos pneus.

Os níveis de ruído exterior estão divididos em 3 categorias e são medidos em decibéis (dB). São eles

  • 1 onda de som preta (3 dB inferior ao futuro limite europeu).
  • 2 ondas de som pretas (já em conformidade com o futuro limite europeu).
  • 3 ondas de som pretas (em conformidade com o actual limite europeu, mas não serão permitidos no futuro).

nova rotulagem de pneus: o que muda?

Pneus novos

Aumentar a segurança, a proteção da saúde e a eficiência económica e ambiental do transporte rodoviário são as principais premissas desta nova rotulagem de pneus.

Estas regras deverão ajudar a reduzir a quantidade de microplásticos que entra no ambiente devido à abrasão dos pneus, orientado assim o consumidor para a compra de pneus mais eficientes.

No futuro, os pneus para camiões e autocarros terão também de ostentar o rótulo.

O regulamento introduz uma série de alterações importantes às regras anteriores que passam assim a ser revogadas. Com efeito, as principais são:

  • Grafismo do rótulo foi atualizado (inclui agora os ícones relativos à aderência na neve e no gelo);
  • Rótulos maiores e standardizados, inclusive para a venda à distância e na publicidade em linha;
  • Fim das classes de eficiência energética mais baixas, que deixaram já de poder ser comercializadas, para tornar a escala mais clara e fácil de compreender;
  • Camiões e Autocarros (pneus C3) também terão de nova rotulagem de pneus;
  • Legislação própria para os rótulos;
  • Os pneus recauchutados passam também a estar incluídos (aplicáveis assim que estiver disponível um método de ensaio adequado para medir o desempenho desses pneus)
  • Parâmetros sobre quilometragem e abrasão (aplicáveis assim que estiver disponível um método de ensaio adequados);
  • O rótulo do pneu deverá figurar em todo o material técnico promocional e na publicidade visual de cada tipo de pneu, incluindo o disponibilizado na Internet.

O regulamento em vigor foi revisto pela Comissão Europeia em Maio de 2018. O Parlamento Europeu e o Conselho chegaram a um acordo provisório em 13 de novembro de 2019 com a apresentação destas medidas, devendo por isso entrar em vigor a 1 de maio de 2021.

Veja também