ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
04 Mai, 2022 - 10:32

Sites para vender coisas usadas: como conseguir um dinheiro extra

Mónica Carvalho

Quer saber quais são os melhores sites para vender coisas usadas? Comece a fazer negócio com o que já não precisa e apenas está a ocupar espaço.

Sites para vender coisas usadas

Recorrer a sites para vender coisas usadas é uma possibilidade simples, fácil e até rápida de se livrar do que já não precisa e ainda conseguir algum dinheiro com isso, o que vem sempre a dar jeito para aumentar as poupanças.

Por isso, e já que vivemos na era da mobilidade e das novas tecnologias, os sites para vender coisas usadas prometem ajudá-lo a livrar-se dos objetos que só ocupam espaço. Falamos de roupa, acessórios, mobiliário, carros e tudo o que possa imaginar.

16 sites para vender coisas usadas que deve conhecer

Depois de dar uma vista de olhos por toda a casa, está feita a lista dos objetos que quer vender? Então, tire algumas fotografias e ligue computador, para se preparar para vender aquilo que já não quer em sua casa numa questão de minutos e poucos cliques. Estes são os sites mais utilizados.

vender roupa online
1

OLX

É um dos maiores e mais famosos portais online para a venda de artigos usados no nosso país. O OLX está organizado por categorias e é muito simples criar os seus próprios anúncios.

A publicação é gratuita, porém, para poder destacar os seus produtos perante os demais, poderá comprar pacotes de publicidade.

Basta preencher alguns dados: título, descrição, preço, carregar algumas fotografias e acrescentar a categoria do produto. Assim que o anúncio é publicado, os interessados podem contactá-lo diretamente na plataforma, por e-mail ou por telefone.

2

Facebook Marketplace

A maior rede social não ficou para trás no universo da venda de artigos em segunda mão. Assim sendo, criou o Facebook Marketplace, onde pode anunciar os seus próprios artigos.

Os anúncios ficam disponíveis para os utilizadores que se encontram na sua região e tem apenas de combinar com o interessado a entrega e a forma de pagamento.

3

CustoJusto

O CustoJusto é um dos portais de venda mais conhecidos e usados em Portugal e até pode fazer doação de artigos – uma opção mais recente.

Todo o processo é simples, rápido e fácil e poderá, então, vender os seus produtos de forma simples e rápida. A publicação dos anúncios é gratuita e a respetiva gestão é muito intuitiva.

4

eBay

É um dos sites para vender coisas usadas (e novas também) mais famosos do mundo inteiro – sim, tanto poderá vender para Portugal, como para qualquer outro canto do mundo.

O eBay é um portal de leilões que permite vender todo o tipo de produtos de forma simples e prática, numa questão de minutos.

5

Fnac Marketplace

Este gigante francês também se rendeu ao universo das compras em segunda mão. Se o produto que tem em casa está à venda na Fnac, poderá colocá-lo no marketplace desta empresa. Da mesma forma que também poderá adquirir objetos ou produtos que estejam em falta e que constem da lista de parceiros na Fnac Marketplace.

eletrodomésticos usados
Veja também Eletrodomésticos usados: vale a pena o investimento?
6

Cash Converters

A marca Cash Converters estabeleceu-se em Portugal no ano de 1998 e inaugurou a sua primeira loja em Alfragide, que foi logo recebida com grande entusiasmo por parte dos clientes. Assim sendo, a atividade expandiu-se: atualmente, existem 6 lojas no país, de tal forma que se consideram os líderes no mercado de segunda mão.

7

Coisas

No site do Coisas poderá encontrar os produtos por categorias: telemóveis, roupa, acessórios, perfumes, consolas, etc. Está tudo à sua disposição através de simples cliques.

Além da hipótese de vender e comprar com o preço final, no site também existem leilões.

8

StandVirtual

Quer vender o seu carro? Então, passe já pelo site do StandVirtual. Em poucos minutos começará a fazer negócio e a rentabilizar aquele veículo que está apenas a ocupar espaço na garagem.

Quanto custa ter um carro
Veja também Quanto custa ter um carro? Veja a que despesas não pode fugir
9

Imovirtual

É daqueles que não se fica por artigos pequenos e quer logo vender um imóvel? Com a Imovirtual pode colocar o seu imóvel à venda para todo o Portugal. Bem mais interessante do que colocar apenas uma folha na janela ou contratar uma imobiliária, certo?

10

Idealista

Para quem tem casa para vender ou alugar, o Idealista é mais uma plataforma de compra e arrendamento de imóveis com bastante sucesso em Portugal. Além disso, é muito simples de usar, quer para quem insere um anúncio, quer para quem procura.

11

Kid to Kid

O Kid To Kid é um portal especializado na venda de roupas de crianças. Desta forma, poderá livrar-se das roupas dos mais pequenos que estão apenas a ocupar espaço nos seus armários.

Basta dirigir-se a uma das lojas e esperar que seja feita a avaliação das peças. Depois, pode levar o dinheiro consigo ou acumular crédito para compras na loja.

12

Mycloma

Também no mundo têxtil e especializada em roupa, calçado e acessórios, a Mycloma é uma plataforma portuguesa de recolha e venda que ajuda a dar uma nova casa às suas peças – mas sem que tenha de sair de casa. É tudo feito online, pois claro.

A marca recolhe as peças em todo o País, através da recolha normal (serviço pago, com lista de espera, havendo uma valorização por cada peça mediante aspetos como a marca, qualidade, procura, coleção); ou através da recolha 15/15 (um serviço gratuito, com vagas ilimitadas, em que a MyCloma compra diretamente as peças).

13

Retry

Tal como a Mycloma, a Retry também é uma startup portuguesa e nasceu em plena pandemia. Por lá, poderá vender a sua roupa e acessórios desde básicos até peças de luxo, havendo uma pré-avaliação da mesmas antes da recolha, para saber com o que pode contar.

14

Micolet

Já mais conhecida nestas andanças, temos a plataforma veterana de venda de roupa em segunda mão também: a Micolet.

A recolha da roupa também é feita em casa do cliente. Depois, caso não aceite a avaliação feita, poderá receber as peças de volta ou permitir até que as mesmas sejam doadas a uma Organização Não Governamental. Não ganha dinheiro é certo, para está a dar bens a quem pouco tem.

Doar brinquedos
Veja também Doar brinquedos: 10 instituições que agradecem o que tiver
15

Trade Stories

Gosta de livros, mas não tem possibilidade de estar sempre a comprar novos? Então, por que não comprar usados? Para isso, conte com a Trade Stories, uma plataforma totalmente gratuita, que permite a compra e venda de livros diretamente entre vendedor e cliente.

Atualmente, existem mais de 100 mil títulos disponíveis e o número aumenta a cada dia que passa.

16

Chairish

Na Chairish, o vintage é rei e senhor, seja em formato de mobiliário, arte, decoração, iluminação ou até tapetes.

Trata-se, assim, de um portal seletivo para vender peças de um determinado estilo. Aproveite para despachar algumas das peças que já não usa, porque o vintage é uma das grande tendências de decoração de casa atualmente,

Veja também