Publicidade:

Compras online: cuidados a ter nas transações virtuais

Comprar na Internet é rápido e cómodo, mas também apresenta riscos acrescidos. Compras online: cuidados a ter nas transações. Tome nota.

Compras online: cuidados a ter nas transações virtuais
Dicas para garantir que será um cliente satisfeito

Roupa, produtos de beleza, tecnologia e até compras de mercearia. Hoje em dia, é possível comprar tudo através de um computador, de uma forma prática, usando apenas um cartão de crédito ou débito. No entanto, nas compras online os cuidados a ter devem ser redobrados para não sair lesado do negócio.

Os consumidores de lojas online devem ter cautela, sobretudo, no que respeita à credibilidade da entidade a quem vai fazer a compra e na segurança da informação que divulgam. É suposto os sites de venda de produtos e serviços online exibirem de forma clara as diferentes formas de pagamento, as condições ao abrigo do direito de arrependimento e informações quanto ao modo de procedimento de reembolsos e trocas. Se não encontrar estas informações, procure outra página que preencha estes requisitos.

Para que não lhe escape nada, listamos os 7 principais cuidados a ter nas compras online.

Compras online: 7 cuidados a ter

compras-online-cuidados-a-ter

1. Informe-se sobre a entidade vendedora

Compras online implica vários cuidados a ter. Um deles passa por saber quem está do outro lado a vender determinado bem ou serviço. Antes de fazer uma compra online, deve informar-se sobre a entidade à qual vai fazer essa compra. Os sites de venda online têm que obrigatoriamente ter a identificação do vendedor, com denominação social, endereço físico, número de telefone e email. É uma forma de garantir que tem onde e como reclamar se algo não correr bem.

Se descobriu a loja nas redes sociais faça uma pesquisa mais alargada, pergunte a amigos ou em fóruns como foi a experiência deles com a empresa em causa.

2. Pesquise e compare

Se for a um centro comercial, muito provavelmente entra em mais do que uma loja até decidir onde comprar o que quer. Não deixe que o seu filtro diminua só porque está a comprar na Internet. Pelo contrário, faça uma pesquisa exaustiva para garantir que está a fazer uma boa compra.

Duvide de descidas inesperadas de preço e super promoções que coloquem o preço da compra muito abaixo do mercado. Pode ser surpreendido com encargos extra.

3. Certifique-se de que a página é segura

Já ouviu falar de phishing? Trata-se de uma atividade criminosa em que tentam obter os seus dados pessoais, nomeadamente códigos bancários, para fazer transações por si. Para evitar isso, deve ter em atenção as medidas de privacidade e segurança do site para garantir que os seus dados não são partilháveis. Um sinal de que a loja eletrónica é segura é se o endereço começar por https em vez de http.

4. Atenção aos encargos adicionais

Verifique se há despesas adicionais, como taxas ou custos de envio, assim como os prazos de entrega ou de execução dos serviços adquiridos. Por exemplo, numa compra efetuada dentro da União Europeia não paga direitos alfandegários, mas o mesmo já não deverá acontecer quando se tratarem de aquisições realizadas noutros países, como os EUA ou China.

5. Escolha uma forma de pagamento segura

Nas compras online um dos cuidados a ter é escolher a forma de pagamento. A Deco considera mais seguro pagar por referência multibanco ou contra entrega. Em qualquer dos casos não está a partilhar os seus dados com ninguém e contra entrega tem a oportunidade de verificar se o que recebeu é o que pretendia.

Se tiver que pagar com cartão online, não dê mais informação do que a estritamente necessária para fazer a transação e verifique se todos os custos associados e portes de envio estão refletidos no preço publicitado.

6. Guarde os comprovativos

Nas compras online não há talões ou recibos físicos. No entanto, é imprescindível guardar todos os comprovativos da transação caso ocorram atrasos na entrega ou o produto não venha em condições e tenha que reclamar. Arquive a fatura eletrónica e os emails ou mensagens que trocou com o vendedor. Mesmo comprados em lojas online, os produtos novos têm garantia de dois anos, por isso convém ter um comprovativo da compra se precisar de contatar o fornecedor.

7. Devoluções e reembolsos

A maioria das lojas online facilita as devoluções, desde que os produtos se encontrem nas condições pretendidas, tendo apenas o cliente que pagar portes adicionais. Ao comprar online, terá direito a cancelar a compra que fez durante um prazo de 14 dias, de acordo com o direito de retratação do consumidor. No entanto, há casos em que nem tudo pode ser devolvido e nem todos os reembolsos são possíveis. Para evitar dissabores, não arrisque quando escolhe os seus produtos, seja roupa, tecnologia ou outro.

Veja também: