Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
18 Mai, 2018 - 10:17

10 destinos de viagem famosos que mais dececionam

Mónica Carvalho

Espalhados pelo mundo, existem verdadeiros símbolos do turismo. Porém, há alguns destinos famosos que dececionam – e por vários motivos.

10 destinos de viagem famosos que mais dececionam

Há muitos lugares incríveis no mundo que nos fazem sonhar com novas viagens e novas aventuras. E há aqueles destinos tipo “cartão postal”, que toda a gente acredita que precisa ir ao menos uma vez na vida. Mas a verdade, é que vários destes destinos famosos dececionam por motivos diversos, por serem muito confusos, por serem muito caros, por não serem tão bonitos e grandiosos como no postal…

Numa pesquisa elaborada pelo USA Today, são listados alguns destes destinos famosos que mais dececionam. Isto não significa que deva riscar da sua wishlist de viagens, apenas conte com a possibilidade de viver alguma frustração e deceção.

10 destinos famosos que dececionam

Qualquer pessoa já ouvir falar destes locais e, provavelmente, é uma das muitas pessoas que gostaria de visitá-los. Porém, estes destinos famosos dececionam porque não são o “mar de rosas” que aparentam. Saiba quais são e porquê.

Ilha da Liberdade, Nova Ioque

ilha da liberdade nova iorque

Fonte: Max Pixel

A ilha onde se encontra a famosa Estátua da Liberdade encabeça a lista elaborada pelo USA Today de destinos famosos que dececionam, essencialmente devido ao elevado tempo de espera. Se não adquirir e imprimir o bilhete antecipadamente, então ficará horas na fila para esta primeira etapa e depois mais horas de espera para passar pelo controlo de segurança e poder entrar no barco que o levará até ao destino. Além disso, quando lá chega, sentir-se-á bastante assoberbado pela quantidade de pessoas que lá estão.

Temple Bar, Dublin

temple bar dublin

Foto: Max Pixel

É um dos locais mais conhecidos da cidade irlandesa e, como tal, conseguir entrar e desfrutar de um momento verdadeiramente irlandês e típico será uma experiência bastante difícil de conseguir.

Todavia, a capital da Irlanda tem muitas áreas verdes incríveis, monumentos históricos e uma arquitetura interessante, que a tornam como uma cidade a descobrir.

Las Vegas, Nevada

las vegas

Foto: Max Pixel

Chamam-lhe a “Cidade do Pecado”, onde “tudo o que acontece em Vegas, fica em Vegas”, tais são as loucuras propícias de serem cometidas. Como tal, o ambiente vivido poderá ser bem mais extravagante do que desejava, desde a quantidade de pessoas desenfreadas, às luzes fluorescentes que encadeiam, ao dinheiro que se gasta por uma refeição simples.

Walt Disney World, Orlando

walt disney world

Fonte: Max Pixel

É um preço elevado a pagar para ficar horas nas filas de qualquer atração, além do que se tem que pagar por uma simples bebida ou refeição. Se a isso multiplicarmos pelo número de elementos da família a visitar o local, dá que pensar se valerá mesmo a pena visitar um local que é, apesar de tudo, a representação dos sonhos vividos pela televisão.

Nassau, Bahamas

nassau bahamas

Fonte: Max Pixel

Anualmente, cerca de um milhão de pessoas desembarcam no porto de Nassau, nas Bahamas. Sim, leu bem… Por isso, talvez esta não seja a melhor escolha de destino, a não ser que não se importe de ser mais um entre milhares de turistas envolvidos em atividades de grupo, ou a descansar em praias paradisíacas sim, mas cheias de pessoas.

Hollywood, Califórnia

hollywood

Fonte: Max Pixel

Há muito que o glamour de Hollywood invade o nosso pensamento, fruto das imagens que nos chegam que apenas mostram um lado do cenário: o mais bonito, requintado e famoso. Na realidade, Hollywood não tem muito mais para ver do que estrelas no chão, evocando várias estrelas, e um museu de cera. A isso, alia-se uma quantidade impressionante de intérpretes de rua, vestidos de forma peculiar ou imitando algum famoso, numa franca tentativa de angariar gorjetas dos turistas. Estrelas do cinema ou da música? Dificilmente as verá.

Gibraltar

gibraltar

Fonte: Max Pixel

Na ponta da Península Ibérica, encontra-se o estreito de Gibraltar. É um local cheio de história, mas que, na verdade, não se parece nem com Espanha nem com o Reino Unido. Não há mesmo muito para se ver por lá, a não ser uma rocha entediante, pubs que tentam imitar os típicos britânicos e hordas de macacos que teimam em atacar turistas.

Frankfurt, Alemanha

frankfurt

Fonte: Max Pixel

Sendo a sede do Banco Central Europeu, Frankfurt é um grande distrito financeiro e aparenta ser uma cidade cosmopolita cheia de vida. Mas não é bem assim: de dia, as ruas estão repletas de pessoas apressadas; durante a noite, a cidade parece ficar praticamente vazia e entediante.

Cataratas do Niágara, Nova Ioque

cataratas do niagara

Fonte: Max Pixel

Se realmente deseja ver as Cataratas do Niágara, então aconselhamos que as visite pelo do Canadá, pois aí terá uma melhor perspetiva das três principais quedas d’água: American Falls, Bridal Veil Falls e Horseshoe Falls. E o melhor de tudo? Bem menos turistas em redor.

Casablanca, Marrocos

casablanca

Fonte: Max Pixel

Quando pensa em Casablanca, lembra-se do filme clássico e romântico homónimo com Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, mas a realidade passa muito ao lado do que acontece atualmente na maior cidade marroquina. A principal queixa é a falta de alma e carisma de uma cidade dominada por prédios gigantescos, muito longe do que é o Marrocos autêntico.

Veja também: