Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Reis
Catarina Reis
15 Mai, 2018 - 09:00

5 benefícios da rotatividade de funções numa empresa

Catarina Reis

Os trabalhadores atualmente estão constantemente em movimento e a rotatividade de funções está na ordem do dia. Conheça alguns dos seus benefícios.

5 benefícios da rotatividade de funções numa empresa

Por opção da empresa ou do colaborador, a rotatividade de funções é uma realidade do mercado de trabalho do século XXI. descubra porquê.

O que representa a rotatividade de funções no momento atual

A  rotatividade de funções consiste em colocar os funcionários no lugar certo, maximizando o seu rendimento. No mundo altamente competitivo que vivemos, a rotatividade de funções é a melhor estratégia para encontrar a substituição imediata de um funcionário de alto valor dentro de uma empresa.

A rotatividade de funções é uma estratégia em voga nas empresas onde a inovação é uma imagem de marca: em vez de fechar os trabalhadores numa única categoria profissional com um trajeto de carreira linear, as empresas estão a promover o desenvolvimento das competências dos seus talentos promovendo a vivência de experiências de trabalho em diferentes departamentos e cargos.

A rotatividade de funções é encarada como uma forma de motivar os funcionários-chave, ampliar as suas skills e, mais importante, mantê-los. Também dá aos empregadores o conforto de saberem que, em caso de necessidade de substituir alguém repentinamente, tudo se resolverá facilmente.

trabalho

Então, quais são os benefícios da rotatividade de funções numa empresa?

Aqui ficam 5 exemplos:

1. Permite identificar e reforçar conhecimentos, habilidades e atitudes

A rotatividade de funções ajuda os empregadores, assim como os funcionários a identificar seus conhecimentos, habilidades e atitudes. Pode ser usado para determinar quem precisa de melhorar as suas competências tendo em vista alcançar um desempenho melhor. Isso ajuda a analisar as necessidades de formação e desenvolvimento dos funcionários para que eles possam produzir mais e melhor.

2. Abre novas perspetivas sobre as funções existentes

Quando um funcionário assume uma nova função, ele traz seu próprio estilo de trabalho e a sua maneira de pensar para o trabalho. Uma nova perspetiva pode levar à inovação, maior facilidade na resolução de problemas e maior eficiência. Também pode ter como resultado uma reavaliação das funções de determinados cargos, ajudando a garantir que o empregador está a definir as expectativas corretas em relação a esse aspecto.

3. Prepara a sucessão de chefias

Os empregados desenvolvem várias competências diferentes, o que pode ser essencial para se tornarem habilitados a terem condições para estarem bem preparados quando forem promovidos.

4. Aumenta a satisfação e diminui a probabilidade de haver lugar para aborrecimentos

Expor os funcionários a diferentes tarefas e funções aumenta o seu nível de satisfação. A rotatividade do trabalho elimina o tédio que implica fazer a mesma coisa todos os dias. Contribui também para desenvolver um maior sentimento de pertença à empresa.

5. Promove uma maior interação e laços entre as equipas de trabalho de diferentes departamentos

Quando todos os funcionários já trabalharam em todos ou quase todos os departamentos da empresa o grau de interação entre todos é muito alto. Isso melhora as relações entre os funcionários e cria unidade. É muito importante ter uma boa interação entre equipas, departamentos e funcionários da empresa e a rotatividade de funções simplifica essa tarefa.

Veja também: