Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
19 Set, 2022 - 10:18

Tesla Model Y: o campeão de vendas entra no mercado nacional

Valdemar Jorge

O Tesla Model Y é um SUV que apresenta características muito especiais. Além de ser um dos veículos elétricos mais vendidos.

Novo Tesla Model Y

Em Junho o EKonomista dava conta da entrada em funcionamento da primeira gigafábrica da Tesla na Europa (Gigafactory Berlin-Brandenburg) após um investimento de 5 mil milhões de euros. O Tesla Model Y, na versão Performance, foi o primeiro modelo a sair da linha de montagem.

Com capacidade para produção do Model Y e do Model Y Performance, na Europa, não é estranho que a Tesla tenha conseguido colocar este modelo, nos primeiros seis meses de 2022, no primeiro lugar do Top 10 dos automóveis mais vendidos na Europa.

Aliás, note-se, que no primeiro semestre de 2022 as vendas de automóveis elétricos, face a período homólogo de 2021, cresceu 31%.

A Tesla é uma das marcas mais vendidas na Europa, com o Model Y a dominar as preferências do público. No entanto, no Top 10 de vendas, encontramos outras marcas de renome, e que são muito bem recebidas como seja a Fiat, com o 500e, Peugeot com o e-208, Volkswagen, com o ID4, Renault com o Zoe ou mesmo a Dacia, com o seu pequeno elétrico Spring.

Tesla Model Y: mais do que SUV

Mas voltemos ao Tesla Model Y que podemos encaixar no segmento dos SUV. Trata-se, a seguir ao Model X, do segundo modelo com características familiares da marca norte-americana.

Apresentado em março de 2019 teve início de produção em janeiro de 2020, na fábrica de Freemont, nos Estados Unidos da América, e as primeiras entregas ocorreram em 13 de março do mesmo ano. Desde essa altura até agora o modelo tem conquistado adeptos sendo que a versão agora disponível foi atualizado no final de 2021. A Tesla está a fabricá-lo nas unidades fabris de Austin (Texas) e Berlim, na Alemanha.

Recém-chegado ao mercado nacional o Tesla Model Y tem a responsabilidade de dar continuidade ao sucesso já alcançado. Com dimensão mais compacta que o Model X está, desse modo, mais adaptado às exigências do mercado Europeu.

O público-alvo é o cliente do segmento Premium. Um cliente mais exigente que além da primazia que dá à qualidade e conforto, coloca nos patamares cimeiros das preferências a tecnologia e claro a performance.

Design apelativo, espaço e funcionalidade

Ao olhar para o Tesla Model Y rapidamente percebemos que se trata de um automóvel com caraterísticas familiares. Paralelamente, tem algumas parecenças com o Model 3, com o qual partilha cerca de 75% das peças. Esta partilha inclui parte do design exterior, interior e o motor elétrico.

Com 4751 mm de comprimento, 1921 mm de largura, 1624 mm de altura e uma distância entre eixos de 2890 mm, o Model Y apresenta um porte considerável, e daí assumir-se um SUV com habitáculo espaçoso e versátil e generosa bagageira.

Ainda assim, a desenvoltura proporcionada pelos motores elétricos (podem ser dois, ou só um colocado em posição traseira) elevam as prestações ao nível de um desportivo.

Se na frente as parecenças com o Model 3 são evidentes, a secção traseira é bem distinta e volumosa, com a bagageira a reclamar maior atenção. O portão que tem acionamento elétrico esconde (dizemos esconde porque não existe chapeleira, o vidro posterior é opaco para evitar os olhares indiscretos), um porão com 854 litros de capacidade. A este pode-se juntar a bagageira dianteira com 117 litros.

Ao todo a marca norte-americana anuncia um total de 2158 litros de capacidade para arrumação de objetos/bagagens.

Interior do Tesla Model Y
O habitáculo no Tesla Model Y segue as linhas austeras da marca

Tesla Model Y: Habitáculo minimalista

O habitáculo segue a filosofia da marca. É minimalista e quase desprovido de botões físicos. Conforto, insonorização, utilização de materiais de qualidade e montagem cuidada são itens a que a marca tem dado atenção e que reforça no Model Y, tornando-o mais apetecível.

Como é hábito, o habitáculo (pode acomodar até 5 ou 7 ocupantes) é dominado pelo grande ecrã tátil (15 polegadas) colocado no tablier em posição central.

Através deste equipamento é possível controlar quase a 100% as funcionalidades do SUV. Desde o sistema de condução semiautónoma ou do infoentretenimento, passando por funcionalidades como o ajustar da coluna de direção ou dos espelhos retrovisores exteriores. Tudo ou quase tudo está à distância de um toque no ecrã.

De destacar que o sistema tecnológico instalado no Model Y permite informação sobre o estado do veículo, condução (velocidade, autonomia, luzes, por exemplo), navegação através do Google Maps, possibilidade de streaming áudio, conetividade com smartphone, entre muitas outras funcionalidades.

Para complementar o conforto e bem-estar a bordo a Tesla equipa o Model Y com tejadilho em vidro que reforça a sensação de grande luminosidade no habitáculo.

Outro mimo que dá aos passageiros é poderem desfrutar de sistema de som Premium com 14 altifalantes, subwoofer e dois amplificadores, para completo deleite sonoro. Um must have.

Motores elétricos, potências e autonomias

Long Range e Performance:

Primeiro motor

  • Força máxima – 256 cv (188 kW);
  • Localização – traseira transversal
  • Voltagem nominal – 350V

Segundo motor:

  • Força máxima – 200 cv (147 kW);
  • Localização – frontal
  • Voltagem nominal – 350V

A bateria em ambos os casos é de iões de lítio e está localizada, no veículo, em posição central. Capacidade utilizável de 75 kWh.

Velocidade máxima anunciada para o Model Y Long Range de 217 km/h e o sprint 0-100 km/h é cumprido em 5,1 segundos. Potência de 351 cv e o consumo médio de energia (ciclo WLTP) é de 14 kWh/100km.

Para o Model Y Performance a velocidade máxima anunciada de 241 km/h e o sprint 0-100 km/h é cumprido em escassos 3,7 segundos. Qual verdadeiro desportivo. Potência de 462 cv e o consumo de energia (ciclo WLTP) é de 15 kWh/100 km.

As autonomias anunciadas (ciclo WLTP) são: Long Range, 505 km e Performance, 480 km.

Estas duas versões estão ainda preparadas para os seguintes alimentadores:

  • Potência máxima de recarga em DC – 150kw;
  • Potência máxima de recarga em AC – 11kw;
  • Tempo de recarga total em 2,3 kW – 40 horas;
  • Tempo de recarga total em 3,7 kW – 25,5 horas;
  • Tempo de recarga total em 7,4 kW – 12,7 horas;
  • Tempo de recarga total em 11 kW – 8,6 horas;
  • Tempo de recarga em carregador rápido dos 0 aos 80% – 75 minutos.

Os preços anunciados são: Model Y Long Range, a partir de 66.900,00 euros e Model Y Performance, a partir de 71.000,00 euros.

A terceira versão, Model Y RWD, está equipada apenas com o motor traseiro. Não está disponível na loja online da Tesla, mas pode ser encomendado diretamente nas lojas físicas da marca, em Portugal. Preço a partir de 49.990,00€.

Este modelo tem uma potência de 287 cv; velocidade máxima de 225 km/h e cumpre o sprint 0-100 km/h em 5,3 segundos. O consumo de energia (ciclo WLTP) de 15,5 kWh/100 km.

Tesla abre instalações no Porto

A Tesla acaba de aumentar a sua área de ação, em Portugal, com a abertura, de zona de showroom, ensaios dinâmicos e Service Center (assistência e serviços pós-venda), no Porto.

Depois da abertura das operações em Lisboa onde tem dois espaços – um no centro da capital, na Avenida António Augusto de Aguiar, 31 e outro na Rua Dona Carlota Joaquina, 173, em Belas – a marca norte-americana expandiu-se a Norte com a abertura do Tesla Center Porto.

O novo espaço, localizado na Avenida Fontes Pereira de Melo, 318, no Porto, compreende ainda um Delivery Center, onde os novos proprietários poderão levantar as respetivas viaturas.

Nas novas instalações o Tesla Model Y é um dos modelos que pode ser apreciado.

Veja também

Artigos Relacionados