ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
14 Abr, 2020 - 09:48

14 dicas de poupança para famílias com crianças

Mónica Carvalho

Num contexto de imprevisibilidade, poupar ganhou especial relevância. Assim, atente a estas dicas de poupança para famílias com crianças.

Dicas de poupança para famílias com crianças

Os bons hábitos financeiros criam-se desde pequeno. Assim sendo, é fundamental explicar aos mais novos os fundamentos de uma boa gestão financeira e de como isso pode ser importante no futuro.

Num contexto de incerteza, estas dicas de poupança para famílias com crianças podem ajudá-lo não só a gerir melhor as suas finanças pessoais, mas também mostrar às crianças que é importante não ceder à tentação e viver consoante as nossas necessidades.

Isto permitir-lhes-á assimilar alguns conceitos de literacia financeira e perceber a diferença entre o que é essencial e o que é apenas um desejo. Tome nota.

Dicas de poupança para famílias com crianças

Quanto mais cedo começar a sensibilizar os mais pequenos para o valor do dinheiro e de como isso poderá dar-lhes um futuro mais seguro, melhor. Até lá, dê o exemplo.

poupar dinheiro em família
1

Tenha atenção às marcas

Todos sabemos que as crianças crescem a um ritmo alucinante. Em questão de semanas uma peça de roupa ou calçado deixa de servir e passa a fazer parte de uma lista interminável de artigos sem utilidade, sendo que, muitos deles, poderão ainda estar em perfeitas condições.

Tendo isso em conta, evite as marcas mais caras em artigos que sabe que utilizará durante um curto período de tempo. Atualmente, existem alternativas mais acessíveis e de boa qualidade.

Todavia, se há artigos que quer mesmo ter, então, compare preços em diferentes lojas ou sites, para conseguir encontrar o melhor negócio possível.

2

Venda os artigos que já não utiliza

Esta é mais uma excelente dica de poupança para famílias com crianças. As necessidades dos mais novos vão evoluindo ao longo dos anos e, por isso, pode ir vendendo tudo o que já não precisa e que está em bom estado.

Além de conseguir algum retorno financeiro, ainda está a ajudar o ambiente, pelo reaproveitamento de materiais.

3

Compre em segunda mão

Se vai vender, por que não comprar determinados produtos em segunda mão também? Atualmente, os sites deste tipo contam com uma enorme variedade de produtos para os mais novos.

Mas também o pode fazer em lojas físicas. A Kid To Kid é um bom exemplo de loja onde pode  comprar produtos bastante económicos e com bastante qualidade.

Casal a colocar moeda num mealheiro
Veja também Poupar sim, mas de forma sustentada (e bem informada)
4

Partilhe

Quem nunca ficou com a roupa dos irmãos ou dos primos mais velhos que levante o braço. Pois, isto é mesmo algo bastante comum e do qual não há que ter vergonha.

E não falamos só da roupa, mas também de brinquedos e até material escolar, que poderá ser utilizado por quem precisa.

5

Aproveite os saldos

Para quem tem filhos é quase obrigatório uma ida às compras em época de saldos. É a altura ideal para encontrar artigos a preços em conta e, com isso, comprar as peças essenciais para a próxima estação.

6

Planeie atividades que não impliquem esforço financeiro

É importante fazer atividades em família, de modo a criar laços familiares, a divertirem-se e criarem bons momentos todos juntos. Mas isso não significa que precisa de gastar muito dinheiro, pelo que é uma boa lição a ensinar aos mais novos: o entretenimento não tem de ser caro.

Vejam um filme em casa e preparem pipocas em conjunto; façam uma caminhada e um piquenique num jardim ou serra que queiram conhecer; joguem jogos de tabuleiro, de mímica, adivinhação ou semelhantes, que são também uma boa forma de se divertirem em conjunto.

No caso das férias, tente preparar com o máximo de antecedência possível: isto faz com que consiga ter preços mais simpáticos e dar-lhe mais margem de manobra para pesquisar as propostas mais atrativas.

7

Poupe na educação

Tenha sempre atenção às despesas com a educação que podem ser dedutíveis no IRS, pelo que nunca se esqueça de pedir sempre fatura com número de contribuinte.

Posteriormente, deve confirmar se todas as faturas constam do portal e-fatura, para que possa ter o devido benefício em sede de IRS.

8

Invista no futuro dos mais novos

Para quem tem filhos, conseguir, de alguma forma, garantir-lhes o futuro é uma preocupação constante. Se é o seu caso, então, pode optar por diversas formas de investimento, seja num fundo, num seguro de vida ou até numa conta poupança em nome dos mais novos.

família poupar dinheiro
9

O tema dinheiro não pode ser tabu

Falar sobre dinheiro com os mais novos é fundamental, para que percebam que tudo tem o seu preço e nada é conseguido de forma gratuita. Assim, irão começar a perceber o real valor das coisas e, como tal, o valor do dinheiro.

Uma boa forma de o conseguir é, por exemplo, incluir os mais novos nas idas ao supermercado. Façam a lista de compras juntos e em como é importante respeitar e não fazer compras por impulso, de modo a não desperdiçar dinheiro.

10

Ensine os mais novos a poupar

Esta é uma excelente dica de poupança para as famílias com crianças. Quanto mais cedo começar, mais depressa os seus filhos vão perceber o que realmente importa. Não se esqueça que a poupança começa a partir do primeiro cêntimo e que não são precisas grandes quantias para começar a poupar.

O objetivo é estimular a criatividade dos seus filhos enquanto explica aos mais novos que há muita coisa que o dinheiro não pode comprar e que este não deve ser um fardo nas nossas vidas, mas uma forma de nos proporcionar alguma liberdade e estabilidade.

Pode, por exemplo, incentivar os mais novos a ter um mealheiro, onde podem colocar o dinheiro que lhes é oferecido.

11

Use a tecnologia a seu favor

Para as famílias com crianças, o controlo dos gastos pode ser uma tarefa quase impossível. Felizmente, já existem diversas aplicações que o ajudam a organizar as finanças tendo em vista, precisamente, a gestão, a organização e a poupança.

12

Dê aos seus filhos uma semanada ou mesada

Quando já são mais crescidos, começar a atribuir uma semanada ou mesada aos seus filhos pode ser útil para ensiná-los a gerir os recursos disponíveis num determinado prazo.

13

Economize também em casa

Poupar água, luz ou gás é uma das formas de poupar dinheiro em família também. Assim sendo, deve ensinar as crianças a usar estes recursos de forma equilibrada e sustentável. Não deixar a água a correr enquanto lavam a cara ou os dentes, apagar sempre as luzes quando saem de alguma divisão: duas dicas simples e fundamentais em qualquer lar.

14

Dê o exemplo

A primeira e mais poderosa mensagem, em qualquer tema, é a do exemplo. Por isso, seja um exemplo para os mais novos pela forma como lida com o dinheiro.

Agora que já sabe como fazer o aforro de alguns euros, não esqueça de seguir as dicas de poupança para famílias com crianças e fazer uso das melhores ferramentas para poupar agora e no futuro.

Veja também